Curso aconteceu durante o último final de semana em Montenegro

Entre sexta-feira, dia 1°, e domingo, 3, Montenegro sediou o curso Ronda do Paradesporto, que teve como tema principal a inclusão através do esporte. Promovido pela Diretoria de Desporto, o evento foi realizado em parceria com a Federação Internacional de Educação Física, Delegacia do Rio Grande do Sul (FIEP-RS) e a Associação Esporte Mais.

Durante o final de semana, educadores físicos e representantes de entidades participaram das atividades do curso. Os palestrantes do evento foram o delegado da FIEP-RS e professor, Everton Deiques, o presidente da Associação Esporte Mais e professor, Rotechild Prestes, e as professoras Claudia Alfama, Claudia Romero e Tânia Kayser.

No domingo, a principal atração da Ronda do Paradesporto foi o jogador de goalball paralímpico brasileiro, Alexsander Celente. Ele foi medalhista de prata nas Paralimpíadas de Londres (2012) e bronze nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro (2016). Alexsander contou sua história de vida e as razões para não deixar de fazer atividades mesmo após a deficiência visual, que o afetou ainda na infância.

Apesar das dificuldades enfrentadas pelos atletas paralímpicos no Brasil, como falta de apoio e estrutura para praticar as modalidades, o medalhista brasileiro ressaltou a importância de incentivar crianças com deficiência a praticar esportes e enfatizou a necessidade de preparar professores. “O esporte é excelente por vários motivos. Quem tem deficiência tem que levar uma vida normal e praticar atividades desde pequeno”, declarou Alexsander.

Diretor de Deporto do Município, Odilson Soares enaltece a parceria com a FIEP e anuncia que Montenegro terá uma competição para pessoas com deficiência ainda este ano. “Estamos fazendo um trabalho em conjunto com a FIEP. O curso é de suma importância. Antes de ir para uma sala de aula e abraçar uma equipe, o profissional precisa ter conhecimento e preparo. Teremos outro evento em dezembro, desta vez de competição, só estamos definindo o local”, ressalta. (MF)

Deixe seu comentário