Na frente, Tales Jardel (com a bola) resolveu para o Os Restos marcando três gols na primeira vitória na Copa Lotérica Timbaúva

Grêmio Gaúcho. Equipe bateu o Irmãos da Bola 88 por 4 a 1, de virada

Em razão da chuva que atingiu a região na manhã de sábado, o Grêmio Gaúcho optou por cancelar a rodada da Série Ouro, assim neste final de semana aconteceram apenas os jogos da Série Prata da Copa Lotérica Timbaúva, marcada para acontecer no campo de gramado sintético. E logo na abertura da rodada surpresa: o Os Restos conquistou a sua primeira vitória na competição ao vencer de virar o Irmãos da Bola 88 por 4 a 1.

O jogo começou com o Os Restos pressionando o adversário. Logo no primeiro lance de perigo a bola parou na trave do gol defendido por Gilnei. Em seguida, foi o próprio Gilnei quem impediu que Fabiano marcasse. Minutos depois, Tales Jardel cobrou falta com perigo e Fabiano escorou de cabeça. A bola bateu na trave e voltou para as mãos de Gilnei.

Mas como diz a máxima do futebol: quem não faz, leva. Aos oito minutos, Luis Fernando recebeu na área central do gramado e tocou na área do Os Restos, onde estava Diego Ávila. O número 9 do Irmãos da Bola 88 fez o seu papel e concluiu para o fundo do gol defendido por Paulo Cesar, abrindo o placar.

Porém, a vantagem não durou muito tempo. Aos 12 minutos, Jardel, o camisa 10 do Os Restos, conduziu a bola perto da área central do gramado, viu o espaço aberto até o gol adversário e arremeteu de longe. Forte e no canto, o chute foi certeiro e colocou a igualdade no placar. Um minuto depois, Jardel desceu pelo lado esquerdo, driblou seu marcador e chutou firme para colocar sua equipe em vantagem.

Nos minutos restantes da primeira etapa o jogo ficou mais equilibrado. No entanto, no retorno para o segundo tempo os papéis parecerem se inverter: era o Irmãos da Bola 88 quem pressionava, obrigando Paulo Cesar a fazer grandes defesas para impedir que o empate voltasse a parecer no marcador. Sem conseguir furar o bloqueio do Os Restos, o Irmãos da Bola 88 viu a máxima do “quem não faz leva” virar contra si. Aos três minutos, em cobrança de lateral, a zaga do Irmãos da Bola 88 se atrapalhou e Jardel mandou mais uma vez para o fundo da rede, fazendo seu terceiro gol e o terceiro do seu time.

Com dois dos três atletas que mais marcaram gols em seu elenco, o Irmãos da Bola 88 continuou tentando reverter a situação. Com Tiago Michelon a equipe quase reduziu, mas parou na trave. O ímpeto da equipe, que tinha a chance de encostar nos líderes, só caiu aos oito minutos, quando João Vitor e Pedro Henrique tabelaram até João Vitor ficar na frente do gol e deixar a sua marca na partida.

Para o treinador do Os Restos, a vitória foi boa, contra um grande time. “Arrancamos mal. Fizemos jogos sempre bons, mas não fazíamos gols”, avaliou Pedro Luciano de Oliveira. Contente com a atuação da equipe, o técnico disse que o grande objetivo é classificar o time para a próxima fase. “No último semestre nos classificamos em primeiro e pegamos o oitavo nas quartas de final e fomos goleados. Agora prefiro ser o oitavo e golear o primeiro”, observou. Com a vitória, o Os Restos chega a cinco pontos enquanto que o Irmãos da Bola 88 segue com sete.

Atrás, Paulo Cesar fez boas defesas para segurar o ímpeto do Irmãos

Resultados
Série Prata
Os Restos 4 x 1 Irmãos da Bola 88
Schalke 08 1 x 6 Babilônia
Cássio’s Pizzaria 0 x 8 Amigos do Tione
Mercenários 1 x 1 Unidos
Unibol 3 x 4 Trans Brothers

Deixe seu comentário