Murilo Daudt, Paulo Augusto Petry, torneio, truco cego, organização
Murilo e Paulo Augusto aguardam 40 trios no torneio deste domingo

A três dias da segunda edição do Torneio Montenegrino de Truco Cego, a ansiedade toma conta dos organizadores da competição. Depois de receber 18 trios na primeira edição, realizada em 2016, Paulo Augusto Petry e Murilo Daudt Heinz trabalham para dobrar este número no torneio deste ano, que acontece domingo, a partir das 14h, no CTG Estância do Montenegro.

Além das premiações generosas para os três primeiros colocados, um convite para os praticantes de truco da região e do Estado é o número de partidas que cada trio vai disputar. “Estamos organizando o torneio para 40 trios. O trio campeão do ano passado, de Sapucaia do Sul, está confirmado. Serão cinco partidas classificatórias. Cada trio inscrito vai jogar pelo menos cinco jogos. Depois disso, tem quartas de final, semifinal e final”, explica Paulo Augusto.

Outra novidade deste ano é a Copa Estudantil, que ocorre em meio ao torneio e será disputada por iniciantes. Entretanto, quem disputar o torneio também pode jogar a Copa Estudantil. Como os trios melhores ranqueados serão premiados com ovelha, terneiro e galinha, a organização ainda busca patrocinadores. “O torneio não tem fins lucrativos. Temos 17 patrocinadores, mas estamos buscando mais para ajudar com a premiação”, afirma Murilo.

O check in (pagamento e confirmação de inscrição) inicia às 12h30min. Vale lembrar que as inscrições estão abertas e podem ser feitas até no dia do torneio, no CTG Estância do Montenegro. Diferentemente dos outros torneios realizados no Estado, o torneio em Montenegro tem hora para acabar, e Paulo Augusto explica o motivo. “Vamos realizar a premiação às 22h. O intuito é deixar o pessoal no CTG até o final para prestigiar os finalistas, por isso temos prêmios para todos os participantes”, diz.

Deixe seu comentário