Olé, sub-15, Encosta da Serra, futebol, Detroit
Sub-15 do Olé não teve boa atuação e sofreu revés para o Detroit ontem pela manhã

A gurizada da sub-15 do Olé perdeu uma boa oportunidade de se isolar na vice-liderança da Liga Encosta da Serra ontem pela manhã. Em Estância Velha, o time montenegrino não repetiu as boas atuações recentes e foi derrotado por 4 a 1 para o Detroit. A sub-14 não entrou em campo neste domingo.

Nos três últimos encontros entre Olé e Detroit, a equipe de Montenegro havia levado a melhor em todas. E isso pode ter sido determinante para o revés de ontem na visão do técnico do Olé, Gustavo Hoffmeister. “O time estava desconcentrado. Talvez as três vitórias seguidas sobre o adversário tenham dado um relaxamento, onde achamos que venceríamos a qualquer momento”, argumenta.

O Detroit atuou no contra-ataque desde o início, mesmo jogando em seus domínios. Apesar de não ter feito uma boa atuação em Estância Velha, o Olé teve chances para vencer o jogo. “Eles nos respeitaram, jogaram fechados e apostaram só no contra-ataque. Tivemos chances com uma bola na trave e duas oportunidades dentro da pequena área quando o jogo estava 1 a 0 para eles”, lamenta o técnico do Olé.

Depois de um primeiro tempo muito abaixo, a bronca foi grande no vestiário montenegrino. A equipe voltou com outra postura para a segunda etapa, mas sucumbiu logo em seguida com mais um gol sofrido. “Voltamos melhor e empatamos com menos de cinco minutos. Porém, em seguida tomamos um gol em uma cobrança de falta em que o centroavante não precisou pular, estava livre. Depois, fomos buscar e em outros dois contra-ataques o adversário matou o jogo”, acrescenta Gustavo.

Deixe seu comentário