Atleta recomenda a prática de exercícios físicos para manter a boa qualidade de vida. Foto: Arquivo Pessoal

Luciano Enick bateu o objetivo de correr a maratona na esteira no tempo de 5h30min

O atleta montenegrino Luciano Cristoffari Bonatto Enick, de 49 anos, realizou mais uma façanha nesta quarta-feira, 1°. Depois de perder 80 quilos em apenas um ano e disputar em janeiro a Travessia Torres-Tramandaí (TTT), correndo solo os 82 quilômetros da prova, dessa vez ele buscou incentivar o esporte de outra maneira. Sozinho ele fez algo inédito, correu 50 quilômetros, uma ultramaratona, na esteira.

Das 9h30 até as 15h03 Luciano ficou totalmente focado no seu objetivo. Com o objetivo de incentivar a prática de exercícios físicos e reforçar a recomendação de ficar em casa na pandemia do novo coronavírus, o atleta se sentiu satisfeito com o resultado. “Foi legal, porque foi um e exemplo pro meu filho Israel de 8 anos que me ajudou e espero que seja exemplo de que apesar do confinamento nós podemos dar exemplo e nos desafiarmos, praticando exercícios e levando uma vida saudável”, relata.

Ultramaratonista, Luciano está agora se preparando para um desafio de 230km em setembro, mas ele conta com uma equipe com médico, treinador, nutricionista e suplementos para ajudar na imunidade e recuperação. A orientação de profissionais é sempre recomendada, segundo ele.

Segundo Luciano, essa foi uma experiência bem diferente e, na sua opinião, a esteira trabalha muito mais a mente do que o físico. O montenegrino recomenda a prática de exercícios físicos para todos, mas ressalta a necessidade de isolamento dentre outras atividades. “Atividade para aqueles que tem boa imunidade. Atividades orientadas por um profissional. Boa alimentação e sono. Atividades com máximo de 60min de duração para evitar diminuir a imunidade”, recomenda.

Deixe seu comentário