Elenco tricolor precisou treinar no hotel após confirmar casos de Covid-19. Foto: Lucas Uebel / divulgação Grêmio

Na noite da última terça-feira, 6, a Conmebol emitiu uma nota para informar o adiamento da partida entre Independiente Del Valle e Grêmio, pela terceira fase da Pré-Libertadores. O jogo de ida, que ocorreria na quarta-feira à noite, em Quito, no Equador, foi remarcado para esta sexta-feira, às 19h15min, no estádio Defensores del Chaco, no Paraguai, em virtude do surto de Covid-19 no elenco gremista.

A mudança de local se deve à proibição do governo do Equador sobre a realização do jogo em Quito após o Grêmio confirmar casos de Covid-19 em testes feitos já em solo equatoriano. O goleiro Paulo Victor e o lateral-direito Vanderson testaram positivo. Além deles, Victor Ferraz e Emanuel, que testaram negativo, mas tiveram sintomas da doença, também voltaram a Porto Alegre.

O quarteto engrossa a lista de desfalques do Grêmio para a partida. Geromel, Kannemann, Jean Pyerre e Pepê se recuperam de lesões, Maicon sentiu dores após o Gre-Nal e ficou fora da viagem, e os recém-chegados Rafinha e Thiago Santos ainda não estão inscritos na competição. O técnico Renato Portaluppi testou positivo para Covid-19 após o clássico do último sábado e cumpre isolamento na capital gaúcha.

Com isso, o auxiliar Alexandre Mendes vai comandar o tricolor nesta sexta-feira e pode improvisar um zagueiro na lateral-direita, mesmo que o jovem Felipe tenha reforçado a delegação no Paraguai. O provável time gremista para o jogo de ida contra o Del Valle tem Brenno; David Braz (Felipe), Ruan, Rodrigues e Diogo Barbosa; Lucas Silva (Darlan), Matheus Henrique, Alisson, Pinares e Ferreira; Diego Souza. (MF)

Deixe seu comentário