Tiago Maratá e Rodrigo Domingues promovem lives semanais nas redes sociais. Foto: divulgação Instagram / Tiago Maratá

Bate-papo. Tiago Maratá e Rodrigo Domingues promovem transmissões semanais

Em tempos de pandemia e distanciamento social, profissionais ligados ao esporte buscam alternativas para se aproximarem dos atletas enquanto treinamentos e campeonatos não são retomados. Em Montenegro, dois treinadores estão realizando, semanalmente, lives nas redes sociais com atletas e professores da cidade. Todas as quintas-feiras à noite, Tiago Schlingvein, o Maratá, e Rodrigo Domingues promovem transmissões para interagir com os esportistas locais.

A primeira live ocorreu no final de março, quando Maratá e Rodrigo fizeram um bate-papo com jovens atletas através do Facebook. Na primeira quinta-feira de abril, a dupla teve como convidado o também professor Fernando Garcia, que atua nas categorias de base do Juventude. O primeiro jogador convidado para participar da resenha foi o meio-campista Bruno Cheron, que está há seis anos na base do Grêmio.

Na última semana, Maratá e Rodrigo conversaram com os irmãos Eduardo Haas Gehlen, o Duda (atualmente no São Luiz), e Isadora Haas Gehlen (atualmente no Inter). E na noite de ontem, o convidado foi o professor Diego Ávila, que dá aulas de muay thai em Montenegro. “Falamos sobre os ótimos profissionais que temos na cidade. Se tudo der certo, manteremos esse projeto”, destaca Rodrigo. As últimas transmissões foram realizadas no Instagram.

Com a paralisação das atividades presenciais no Fera, Tiago Maratá pensou em ações para manter a gurizada ativa durante a pandemia do novo coronavírus. Os professores da escola de futebol estão enviando, frequentemente, vídeos de treinos para os alunos realizarem em suas residências. Além disso, a quarentena está propiciando muitos desafios entre esportistas nas mídias sociais.

A partir dessa interação, Maratá decidiu colocar em prática a ideia das transmissões ao vivo nas redes. “Um dia, ele (Tiago Maratá) me ligou e perguntou se eu toparia fazer uma live com ele falando sobre destaques da cidade e atividades ligadas ao esporte. Topei de prontidão e tem sido muito legal. O engajamento da gurizada nos surpreendeu. O pessoal gosta de participar, muitos mandam perguntas, comentam, pedem que falamos seus nomes. Após as lives, recebemos muitos elogios e novas ideias”, ressalta Rodrigo.

Opção de entretenimento para os apaixonados por esporte na quarentena, a live já pode ser considerada um programa semanal. Inclusive, foi batizada de “Jogando em Casa” por seus idealizadores. Inicialmente, o foco do bate-papo seria apenas o futebol. No entanto, o público pediu para o programa ampliar o leque de esportes e a sugestão foi prontamente aceita por Maratá e Rodrigo. “A galera gostou tanto que pediu para falarmos de outras modalidades também, então decidimos abrir espaço para o muay thai nesta quinta. Para nós, o mais importante é valorizar as pessoas da nossa cidade”, enfatiza Tiago Maratá.

Bruno Cheron (ao centro) foi o segundo convidado do “Jogando em Casa”. Foto: divulgação Instagram / Tiago Maratá

Trajetória, seleções de base e muita resenha
Os dois professores abordam diversos temas durante as transmissões. Nas últimas semanas, com os futebolistas formados em Montenegro, Maratá e Rodrigo falaram sobre a trajetória de Cheron, Duda e Isa no futebol, a influência dos familiares, metodologia de treinamentos e seleções de base. “Conversamos sobre o início deles no esporte, como foi o impacto de chegar em grandes clubes, a convocação para as seleções de base (Cheron na Sub-15 e Isa na Sub-18), sonhos, metas, inspirações e o que falta para a nossa cidade ter uma equipe profissional”, diz Rodrigo.

Como grande parte do público que assiste as lives é jovem, os “mediadores” pedem para os entrevistados deixarem um recado para quem almeja jogar em clubes grandes e chegar ao profissional, como é o caso de Duda e Isa. Além disso, outros nomes afirmados no futebol têm divulgado o projeto dos treinadores montenegrinos em suas redes sociais. “Estamos conseguindo vídeos de jogadores falando sobre as lives. Temos do Daniel Carvalho (ex-Inter), do Andrei Girotto, que está no Nantes, da França, atualmente, e dos craques daqui”, enaltece Rodrigo.

As transmissões deram tão certo que a dupla pensa em continuar com o projeto quando os treinos e campeonatos forem retomados. Porém, isso é um desejo dos professores e uma tendência, não uma confirmação. Enquanto isso, o público pode acompanhar as resenhas semanais de Tiago Maratá e Rodrigo Domingues em seus perfis nas redes sociais.

Deixe seu comentário