Rodrigo Dourado pode levantar sua primeira taça como capitão do Inter. Foto: Ricardo Duarte / divulgação Inter

Brasileirão. Colorado precisa vencer e torcer por um tropeço dos cariocas

Dupla missão para o Inter na disputa do título brasileiro. Nesta quinta-feira, às 21h30min, o Campeonato Brasileiro de 2020 tem seu último capítulo, e o colorado precisa vencer para seguir com chances de conquistar a competição após 41 anos. Além de superar o Corinthians, no confronto que acontece no estádio Beira-Rio, o Inter precisa de um tropeço do Flamengo, que enfrenta o São Paulo no mesmo horário, no Morumbi.

A tarefa ficou mais complicada para o time gaúcho após o último domingo, quando a equipe foi derrotada pelo Flamengo por 2 a 1 no Maracanã, em partida que ficou marcada pela expulsão polêmica do lateral-direito Rodinei no início do segundo tempo. Com o resultado, o rubro-negro carioca assumiu a liderança do Brasileirão pela primeira vez na atual edição, com 71 pontos. O Inter caiu para a vice-liderança, com 69.

Como o colorado tem melhor saldo de gols que o adversário direto (26 contra 21), um empate em São Paulo basta para o Inter, desde que faça o dever de casa contra o Corinthians em Porto Alegre. Os últimos jogos do São Paulo, que recentemente perdeu para o rebaixado Botafogo, podem diminuir a confiança da torcida colorada, mas como se trata de futebol, tudo é definido dentro das quatro linhas – ou no VAR. Inclusive, a derrota do tricolor paulista para os garotos do Botafogo obriga a equipe a pontuar contra o Flamengo para garantir uma vaga direta na Libertadores deste ano.

O técnico Abel Braga busca manter o foco do grupo para o jogo do Beira-Rio. Após o enfrentamento com o Flamengo, o comandante colorado salientou que é preciso vencer o Corinthians para depois pensar na outra partida. Para o jogo decisivo, Abelão não poderá contar com Rodinei, que cumpre suspensão. Por outro lado, Victor Cuesta, desfalque no Maracanã, está de volta.

A escalação não deve ter surpresas. Edenílson deixou o último jogo com dores, mas não deve ser problema. Desta forma, o provável time do Inter para encarar o Corinthians tem Marcelo Lomba; Heitor, Lucas Ribeiro, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenílson, Praxedes, Patrick e Caio Vidal; Yuri Alberto.

Depois de perder quatro titulares por lesões de ligamento no joelho durante o campeonato, trocar de treinador – e estilo de jogo – em meio à temporada, enfrentar um período conturbado por conta das eleições nos últimos meses de 2020 e se despedir de um dos maiores ídolos da história do clube, o Inter se recuperou, juntou os cacos, a direção apostou no ídolo Abel Braga, ele chamou a garotada e comandou uma arrancada inédita nos pontos corridos, batendo o recorde de vitórias consecutivas (nove). Goleou o até então líder São Paulo fora de casa e voltou a vencer um clássico Gre-Nal após 11 insucessos.

Agora, falta escrever o capítulo final desta caminhada em busca do tetracampeonato nacional, contra um rival engasgado desde 2005.

Deixe seu comentário