Inter, do meia Patrick, busca a nona vitória seguida no Campeonato Brasileiro. Foto: Ricardo Duarte / divulgação Inter

Brasileirão. Colorado tem mais uma “final” na briga pelo título nacional

As expressivas vitórias sobre São Paulo e Grêmio colocaram o Inter no topo da tabela do Brasileirão, com quatro pontos da vantagem para o vice-líder, a seis rodadas do fim do campeonato. Porém, os comandados de Abel Braga sabem que não podem relaxar na reta decisiva e, neste domingo, têm mais um desafio complicado no Beira-Rio. Em busca da 9ª vitória seguida na competição, o colorado recebe o embalado RB Bragantino, que ainda não perdeu em 2021. A bola rola às 18h15min.

O confronto reúne as duas equipes que vivem o melhor momento no campeonato. Prova disso é que são os dois primeiros colocados do segundo turno (Inter lidera com 27 pontos e o Braga vem logo na sequência, com 25). Com a vitória emocionante no último lance do Gre-Nal, o time colorado igualou os recordes do Flamengo de 2019 e do Cruzeiro de 2003, com oito vitórias seguidas nos pontos corridos. Nenhum time conseguiu alcançar nove vitórias em sequência.

Em busca da marca histórica, que pode aproximar o Inter do título que o clube não conquista há 41 anos, o técnico Abel Braga mantém o grupo focado e com os pés no chão. A confiança do elenco é fundamental nesta reta final, mas o excesso dela pode prejudicar a equipe nessas “seis finais”. Depois do duelo com o Bragantino, o Inter ainda enfrenta Athletico-PR (fora), Sport (em casa), Vasco (fora), Flamengo (fora) e Corinthians (em casa).

Para a partida deste domingo, Abelão contará com o retorno do jovem Caio Vidal, que cumpriu suspensão no Gre-Nal. Autor de gols importantes nessa sequência de vitórias (contra Ceará e São Paulo), Caio terá papel importante contra a rápida equipe do Bragantino. Em contrapartida, o artilheiro Thiago Galhardo deve seguir de fora, em recuperação de uma lesão muscular na panturrilha.
A provável escalação do Inter tem Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado, Edenilson, Praxedes, Patrick e Caio Vidal; Yuri Alberto.

Deixe seu comentário