D’Alessandro deve ser titular nesta quarta-feira em La Bombonera. Foto: Ricardo Duarte / divulgação Inter

Depois de perder o jogo de ida no Beira-Rio por 1 a 0, o Inter precisa de um resultado histórico nesta quarta-feira para seguir adiante na Libertadores da América. Em Buenos Aires, no imponente estádio La Bombonera, o colorado tem a obrigação de vencer o Boca Juniors para avançar às quartas de final da competição continental. Uma vitória simples do Inter leva o confronto para os pênaltis. Qualquer outro resultado positivo classifica o time gaúcho. Para os argentinos, basta um empate. A bola rola às 21h30min.

Para seguir adiante na Libertadores, o time comandado por Abel Braga precisa de um resultado inédito, já que o Boca nunca foi eliminado em La Bombonera após vencer o primeiro jogo como visitante pelo torneio. No entanto, o último enfrentamento entre as duas equipes na casa dos argentinos terminou com vitória colorada. Em 2008, pela Copa Sul-Americana, o Inter venceu por 2 a 1 e se classificou para as semifinais. A equipe gaúcha conquistou o título inédito da competição naquela edição.

Desta vez, o desafio é maior, e o técnico Abel Braga deve apostar, mais uma vez, nos atletas mais experientes para o confronto decisivo. Em seus últimos dias vestindo a camisa do Inter, D’Alessandro deve ser titular nesta partida decisiva.

A provável escalação colorada tem Marcelo Lomba; Heitor (Rodinei), Rodrigo Moledo, Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Rodrigo Lindoso, Edenílson, D’Alessandro e Patrick; Thiago Galhardo.

Deixe seu comentário