Sistema defensivo é um dos trunfos do time colorado para esta decisão. Foto: Eduardo Schemes / divulgação Inter

Em busca do bi. Colorado visita o Athletico-PR nos primeiros 90 minutos da final

O torcedor esfrega as mãos e olha, seguidamente, para o relógio. A hora não passa. Dia de decisão sempre parece ter horas a mais. Mas chegou o momento tão aguardado pelos colorados. É hoje, na Arena da Baixada, em Curitiba, que o Inter começa a decidir a Copa do Brasil. Dez anos depois, o time gaúcho volta a disputar a final do torneio nacional, conquistado pela última (e única) vez em 1992. Inter e Athletico-PR se enfrentam a partir das 21h30min, pelo jogo de ida da decisão.

Em busca do bicampeonato da Copa do Brasil, a equipe colorada terá todo o plantel à disposição nos primeiros 90 minutos da final. O técnico Odair Hellmann deve repetir a escalação que venceu o Cruzeiro na última semana. Na tarde dessa terça-feira, o elenco encerrou a preparação para o primeiro duelo da final com um treino no local da partida, a fim de se ambientar ao gramado sintético da Arena da Baixada.

A delegação do Inter desembarcou em Curitiba no final da noite de segunda-feira e foi recepcionada com uma grande festa pela torcida. No embarque, centenas de colorados foram ao Aeroporto Salgado Filho para apoiar o grupo. A mobilização dos torcedores colorados, desde a última quarta-feira, evidencia a importância da Copa do Brasil.

Nico López voltou a atuar bem e será titular na Arena da Baixada. Foto: Ricardo Duarte / divulgação Inter

Depois de passar pelos piores anos de sua história (2016 e 2017), o Inter se reestruturou e voltou a disputar os principais títulos do País e do continente. No Brasileirão de 2018, o colorado ficou na terceira colocação. Na Libertadores da América deste ano, terminou a fase de grupos na liderança da chave que tinha o atual campeão River Plate e caiu nas quartas de final para o poderoso Flamengo.

Há quase dois anos no comando técnico da equipe, Odair Hellmann busca seu primeiro título para coroar o trabalho que iniciou em novembro de 2017, no empate sem gols com o Oeste, em São Paulo, no jogo que garantiu o retorno do Inter à elite do futebol brasileiro. De lá para cá, a torcida colorada se acostumou a ver um time extremamente competitivo e, principalmente, combativo defensivamente. Na frente, a chegada de Paolo Guerrero elevou o poderio ofensivo da equipe.

Neste ano, a direção repatriou Rafael Sobis e contratou o lateral Bruno e o volante Rodrigo Lindoso, que acrescentaram qualidade e experiência ao time. Os garotos da base têm sido utilizados com maior frequência e vêm dando boa resposta, como Heitor e Nonato. Depois de viver um longo jejum, o uruguaio Nico López fez as pazes com as redes e voltou a ter atuações destacadas, que o credenciaram para iniciar a partida decisiva desta noite.
Depois de 27 anos, o Inter quer reconquistar a Copa do Brasil e um título nacional. Após eliminar Paysandu, Palmeiras e Cruzeiro, a equipe colorada busca ao menos um empate na Arena da Baixada para definir tudo no Beira-Rio, onde tem 100% de aproveitamento na competição. Odair e seus comandados sabem que o Athletico é muito forte em seus domínios. Prova disso é a classificação sobre o Grêmio na última semana.

Os paranaenses perderam o jogo de ida em Porto Alegre por 2 a 0 e devolveram o escore em Curitiba, levando a decisão da vaga para os pênaltis. Na marca da cal, o Athletico superou a equipe gremista e manteve vivo o sonho de sua primeira conquista da Copa do Brasil.

Escalações e arbitragem
Provável escalação do Athletico-PR: Santos; Khellven (Madson), Léo Pereira, Robson Bambu e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Léo Cittadini; Nikão, Rony e Marco Ruben.

Provável escalação do Inter: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick, D’Alessandro e Nico López; Paolo Guerrero.

Arbitragem: Raphael Claus (SP) apita o jogo. Ele será auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Neuza Ines Back (SP). O responsável pelo VAR será Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP).

Deixe seu comentário