Inter, Grêmio, Gre-Nal, clássico, Gauchão
Nico López abriu o placar para o Inter. No fim, quem comemorou foi o Grêmio. Foto: Ricardo Duarte / divulgação Inter

O Gre-Nal 415 foi mais um duelo eletrizante entre os maiores times do Estado. O terceiro clássico em dez dias teve emoção até o final no Beira-Rio, na noite de quarta-feira. Com gols de Nico López e D’Alessandro, o Inter superou o Grêmio por 2 a 0, mas o placar foi insuficiente para a classificação colorada no Gauchão. Por ter vencido o primeiro jogo por 3 a 0 na Arena, o tricolor avançou às semifinais do estadual e vai enfrentar o Avenida por um lugar na decisão.

O clássico foi marcado por confusões e polêmicas, ingredientes presentes em praticamente todos os Gre-Nais. Nas arquibancadas, as duas torcidas deram show. No primeiro tempo, o uruguaio Nico López converteu pênalti aos 34 minutos e aumentou as esperanças vermelhas. Na etapa final, D’Alessandro ampliou a vantagem aos 20 minutos em golaço de falta e incendiou de vez o confronto. Depois disso, porém, o Grêmio se organizou em campo e administrou o resultado que lhe favorecia.

Deixe seu comentário