Primeiro Gre-Nal do ano acontece neste domingo, às 19h, na Arena e promete força máxima das duas equipes. Foto: Ricardo Duarte / divulgação Inter

Gauchão. Principais clubes do Estado se enfrentam pela 418ª vez na história

Depois de mais uma rodada de Libertadores no meio de semana, Grêmio e Inter voltam suas atenções para o Campeonato Gaúcho e para o clássico que mobiliza o Estado inteiro. Neste domingo, a bola rola a partir das 19h na Arena para o Gre-Nal 418, válido pela 10ª rodada do estadual. Anderson Daronco apita o Gre-Nal. Após nove rodadas do Gauchão e duas da Libertadores, a dupla chega como líder e vice-líder do estadual, mas em momentos distintos na competição continental.

Mandante no primeiro clássico do ano, o Grêmio é líder isolado do Campeonato Gaúcho, com sete vitórias e dois empates, tendo sofrido apenas um gol até agora. A situação do tricolor na Libertadores da América, porém, é diferente. Passadas as duas primeiras rodadas, o Grêmio acumula apenas um ponto, empatando com o Rosario Central na Argentina no jogo de estreia e perdendo para o Libertad, do Paraguai, em casa, na segunda partida, por 1 a 0. Essa foi a primeira derrota da equipe comandada por Renato Portaluppi no ano e colocou o time gremista na lanterna do grupo H.

Já o Inter, depois de um começo de Gauchão sem brilho, reencontrou o bom futebol e os bons resultados nas últimas partidas. Em campanha de seis vitórias, um empate e duas derrotas no campeonato estadual, o time colorado é o vice-líder, atrás apenas do maior rival, e assim como o Grêmio, já está garantido na próxima fase. Além disso, o Inter mantém 100% de aproveitamento na Libertadores, com vitórias sobre o Palestino, no Chile, na primeira rodada, e sobre o Alianza Lima, do Peru, na segunda partida, por 2 a 0, no jogo que marcou a volta da Libertadores ao estádio Beira-Rio.

Com o resultado obtido na última quarta-feira sobre os peruanos, o time comandado por Odair Hellmann chegou a sete vitórias seguidas na temporada.

Após a vitória sobre o Alianza Lima, o técnico colorado, Odair Hellmann, chegou a declarar em entrevista coletiva que, mesmo com o bom momento do seu time, o Grêmio é favorito para o clássico. O presidente do tricolor, Romildo Bolzan, tratou de rebater, negando o favoritismo e chamando a declaração de Odair como “mais manjada do que cachaça em boteco”, afirmando que o técnico quis apenas jogar a responsabilidade para o Grêmio.

O ano de 2019 pode ter até nove clássicos. Ainda pelo Gauchão, os dois principais clubes do Estado podem se encontrar mais duas vezes, nas semifinais ou na grande final. Além do duelo deste domingo, outros dois clássicos estão confirmados, pelo Campeonato Brasileiro. Também há possibilidade de Gre-Nal nos mata-matas da Libertadores e na Copa do Brasil, competição que a dupla ingressa a partir das oitavas de final.

Como de costume, técnicos farão mistério nas escalações
Apesar de terem entrado em campo no meio de semana pela Libertadores, Grêmio e Inter devem disputar o primeiro clássico da temporada com força máxima. Entretanto, Renato Portaluppi e Odair Hellmann não vão entregar “de bandeja” seus 11 titulares para o jogo de domingo. Haverá mistério dos dois lados até minutos antes de a bola rolar na Arena. Isso já se tornou uma tradição no Gre-Nal.

Do lado tricolor, Diego Tardelli pode pintar como surpresa na escalação. Principal reforço gremista para a temporada, o atacante entrou na segunda etapa contra São José e Libertad, vem evoluindo fisicamente e pode receber sua primeira oportunidade como titular neste domingo. Ele pode ocupar o lugar de Marinho ou até mesmo no ataque, substituindo Felipe Vizeu.

A provável escalação do tricolor para o primeiro Gre-Nal do ano tem Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Maicon, Marinho (Diego Tardelli), Luan e Everton; Felipe Vizeu (Diego Tardelli).

Em seu melhor momento na temporada, o Inter busca confirmar sua ascensão com uma vitória no clássico. Para isso, Odair deve mandar a campo praticamente o mesmo time que iniciou o jogo contra o Alianza Lima, apenas com o ingresso de Nonato na vaga de Patrick, lesionado. A principal dúvida é em relação a Nico López, que reclamou de dores na coxa após o duelo com os peruanos. Se o uruguaio não puder atuar, D’Alessandro é o provável substituto.

O provável time do Inter para o clássico 418 tem Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Nonato, Nico López (D’Alessandro) e William Pottker; Rafael Sobis.

Sequência da dupla
Últimas cinco partidas do Grêmio
Grêmio 0 x 1 Libertad – Libertadores
Grêmio 3 x 0 São José – Gauchão
Rosario Central 1 x 1 Grêmio – Libertadores
Grêmio 2 x 0 Veranópolis – Gauchão
Brasil de Pelotas 0 x 0 Grêmio – Gauchão

Últimas cinco partidas do Inter
Inter 2 x 0 Alianza Lima – Libertadores
Inter 2 x 0 Aimoré – Gauchão
Palestino 0 x 1 Inter – Libertadores
Avenida 0 x 1 Inter – Gauchão
Inter 2 x 1 Caxias – Gauchão

Agenda esportiva – Outros eventos
Sexta-feira, às 20h – Semifinais da Copa Schin Intermunicipal de Futebol de Areia, com as categorias Força Livre e Municipal.

Sábado, ao meio-dia – Primeira rodada do Campeonato de Futebol Sete do Cantegril.

Sábado, às 13h – Irmãs Débora e Denise Vargas participam da 2ª etapa do Circuito Trilhas e Montanhas, em Farroupilha.

Domingo, às 8h20min – Última rodada da fase classificatória da Taça Municipal de Futebol Sete, no campo do América.

Domingo, às 14h – Juventude de Brochier enfrenta o Riograndense, em Imigrante, pela última rodada da Taça da Amizade.

Domingo, às 14h – Esperança de Maratá duela com o 11 Amigos, em Poço das Antas, pela última rodada da Taça da Amizade.

Deixe seu comentário