Garoto Jean Pyerre deve ser titular no jogo decisivo contra o Rosário Central. Fotos: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio FBPA

Libertadores. Tricolor precisa da vitória e ainda depende de resultados paralelos nas próximas rodadas

Na noite de hoje, o Grêmio tem uma tarefa difícil na Arena. Precisa vencer o Rosário Central, às 21h30min, para continuar sonhando com a classificação para as oitavas de final da competição. Com uma vitória, o tricolor elimina a equipe de Rosário e melhora suas chances de classificação, mas ainda dependerá de resultados paralelos nas últimas rodadas para avançar na competição. Os gaúchos estão em terceiro e os argentinos em quarto no grupo H, ambos com um ponto.

Depois de um período de instabilidade nos jogos contra Juventude, São Luiz e Universidad Católica, o time de Renato Portaluppi espantou qualquer indício de crise ao vencer a equipe de Ijuí por 3 a 0, no último domingo, se classificando para a final do Gauchão, forçando um clássico com o Inter na decisão do estadual. O Grêmio tenta, agora, engrenar uma sequência de vitórias apostando na base – com garotos como Matheus Henrique e Jean Pyerre assumindo a titularidade.

Matheus Henrique é um dos nomes mais pedidos pela torcida do tricolor gaúcho para o time titular

Os jovens tiveram uma boa atuação, na vitória do último domingo, praticamente garantindo a titularidade para o confronto desta noite. Matheus Henrique dominou o meio campo, não errou nenhum passe e fez a pré-assistência para o gol de Alisson. Jean Pyerre ditou o ritmo do meio-campo, deu a arrancada que originou o primeiro gol do jogo e fez o passe para o golaço de Everton. Se tudo ocorrer como esperado, os garotos da base serão titulares na partida de hoje. Luan, treinando separadamente do elenco para recuperar a boa forma física, fica de fora dos relacionados para o jogo.

Para os montenegrinos, as oitavas de final da competição estão se distanciando. João Pedro Andrade acredita ser uma situação difícil, considerando a necessidade de resultados paralelos. “Depende de desempenho que ainda não demonstrou no campeonato”, afirma. Sobre Matheus Henrique e Jean Pyerre, João acredita que o time deve aumentar de qualidade. “É difícil falar quando se tem só o Gauchão de parâmetro, mas é provável que o desempenho melhore devido às boas atuações individuais dos garotos”, confia. “Tem que ver se estarão prontos para a pressão de uma Libertadores”, conclui.

Marcos Guarani minimiza os resultados ruins, afirmando que perder ou ganhar faz parte do universo do futebol, mas reconhece que a situação não é das melhores. “Ficamos um período extenso sem títulos expressivos e acostumamos rápido a voltar para o topo. Agora, acabamos sofrendo uma sequência mínima de duas derrotas e ouve-se todo tipo de absurdo. O momento na Libertadores é bem complicado. Conseguindo a vaga ou não, estaremos sempre com o Grêmio”, explica.

Marcos ainda conta qual título preferiria que o tricolor ganhasse no ano. “Se eu pudesse escolher, queria o título do Campeonato Brasileiro, que esse ano paga muito melhor e recuperaríamos uma soberania nacional que ajuda muito para o mercado da bola”, opina.

O provável time para o confronto de hoje tem Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann, Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Alisson (Diego Tardelli), Jean Pyerre e Everton; André.

Deixe seu comentário