Tricolor terá força máxima e quer levar vantagem para a Arena da Baixada. Foto: Lucas Uebel / divulgação Grêmio

Copa do Brasil. Tricolor terá o apoio da torcida na Arena para abrir vantagem no duelo

Em busca do seu sexto título na Copa do Brasil, o Grêmio enfrenta o Athletico-PR nesta quarta-feira, pelo jogo de ida das semifinais da competição. Na Arena, o tricolor busca abrir vantagem no confronto, que será decidido em Curitiba, no dia 4 de setembro. Com força máxima, a equipe gremista conta com o apoio da torcida para se aproximar de mais uma decisão. A bola rola às 21h30min.

As duas equipes estão invictas no torneio. É bem verdade que disputaram apenas quatro jogos até aqui (ambos ingressaram direto nas oitavas de final), mas chegam à semifinal com merecimento. O Grêmio eliminou o Juventude com facilidade nas oitavas e derrotou o Bahia em Salvador – após empate em Porto Alegre – para se garantir nesta fase. Já o Athletico passou pelo Fortaleza e tirou o poderoso Flamengo nos pênaltis nas quartas de final.

Os primeiros 90 minutos do embate entre gaúchos e paranaenses serão disputados em uma Arena lotada. O técnico Renato Portaluppi sabe a importância do fator local e quer o Grêmio pressionando o furacão desde os primeiros minutos. Em 2016, quando conquistou pela quinta vez a Copa do Brasil, o tricolor enfrentou o Athletico nas oitavas de final. Na ida, em Curitiba, vitória gremista por 1 a 0. Na volta, o time paranaense devolveu o placar na Arena. Nos pênaltis, o clube gaúcho levou a melhor.

Agora, os comandados de Portaluppi abrem o confronto na Arena e querem encaminhar a classificação para a decisão com uma boa vitória hoje à noite. Com praticamente todo o elenco à disposição, o treinador gremista vai escalar força máxima diante do furacão. A principal dúvida está no comando de ataque, onde André e Diego Tardelli disputam a posição. A tendência é que André seja o titular.

Desta forma, a provável escalação do Grêmio para o jogo de ida das semifinais tem Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Alisson, Jean Pyerre e Everton; André.

O Athletico-PR, que assim como o Grêmio poupou os titulares no final de semana, trata a Copa do Brasil como prioridade na temporada, já que caiu nas oitavas da Libertadores da América e está distante do pelotão de frente no Brasileirão. O técnico Tiago Nunes não pode contar com o zagueiro Pedro Henrique, que já atuou na competição pelo Corinthians. Além disso, o treinador tem uma dúvida no meio-campo.

O provável time do furacão para os primeiros 90 minutos do confronto tem Santos; Jonathan, Lucas Halter, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Nikão (Bruno Nazário); Rony, Marcelo Cirino e Marco Ruben.

O árbitro da partida será Marcelo de Lima Henrique (RJ). Ele será auxiliado por Alessandro Rocha de Matos e Rodrigo Figueiredo Correa. Rodrigo Nunes de Sá será o responsável pelo VAR.

Deixe seu comentário