Tricolor saiu atrás no placar, mas buscou o empate no segundo tempo. FOTO: Yuri Edmundo

Com um olho no duelo desta terça-feira contra o River Plate pela semifinal da Libertadores, o Grêmio entrou sábado em campo para enfrentar o América Mineiro pelo Brasileirão. Com uma equipe reserva, o tricolor gaúcho ficou apenas no empate.

O duelo começou complicado para os comandados de Renato Portaluppi. Jogando em casa, o América Mineiro conseguiu impor seu ritmo e abrir o placar aos 36 minutos do primeiro tempo. O gol saiu dos pés de Juninho, que recebeu cruzamento de Carlinhos e teve tempo de dominar a bola antes de finalizar com força contra o gol defendido por Paulo Victor.

O Grêmio voltou para a segunda etapa com outra atitude e passou a ameaçar o adversário. Aos 19 minutos, Juninho Capixaba invadiu a área e fazia boa jogada individual, quando foi derrubado com falta. A arbitragem assinalou pênalti. Na cobrança, Jean Pyerre chutou bem, mandando no canto direito de João Ricardo, empatando a partida. O Grêmio seguiu pressionando, mas não conseguiu voltar a marcar.

Deixe seu comentário