Luan voltou a jogar bem e tem a missão de municiar o ataque gremista contra o Flamengo. Foto: Lucas Uebel / divulgação Grêmio

Semifinal. Na Arena, tricolor quer abrir vantagem diante do badalado Flamengo

Pelo terceiro ano seguido nas semifinais da Libertadores da América, o Grêmio tem mais um grande desafio na busca pelo tetracampeonato. Na noite desta quarta-feira, o tricolor recebe o badalado Flamengo, às 21h30min, na Arena, no primeiro confronto que definirá um dos finalistas desta edição. Quem levar a melhor encara na decisão (que será disputada em jogo único) o vencedor do superclássico argentino entre River Plate e Boca Juniors, que começaram a duelar nessa terça-feira.

Acostumado a disputar decisões, o Grêmio de Renato Portaluppi quer abrir vantagem neste jogo de ida para se aproximar de mais uma final. A equipe gremista vem de uma classificação histórica sobre o Palmeiras. Depois de perder o primeiro jogo em Porto Alegre e sair atrás do placar em São Paulo, o time tricolor conseguiu virar a partida e silenciou o estádio Pacaembu, onde o retrospecto não era dos melhores.

Agora, o adversário gremista é o Flamengo, que chegou às semifinais após eliminar o Inter nas quartas. Nas últimas semanas, dirigentes e técnicos dos dois times trocaram “provocações”, esquentando o clima para um dos embates mais aguardados do futebol brasileiro nesta temporada. De um lado, uma equipe (Grêmio) que joga em alto nível há três anos. Do outro, um time (Flamengo) em evolução, que tem encantado a todos no País com seu poderio ofensivo.

Mesmo recuperado de lesão, Maicon deve ser opção no banco de reservas

Campeão da Libertadores em 2017, o tricolor gaúcho aposta na experiência do grupo para voltar à decisão. Na última edição, a equipe foi eliminada nas semifinais para o River Plate, em confronto polêmico. A curiosidade é que, nos dois últimos anos, o time do técnico Renato Portaluppi venceu o jogo de ida das semifinais (3 a 0 sobre o Barcelona de Guayaquil no ano do título e 1 a 0 sobre o River Plate na Argentina em 2018). Ou seja, uma vitória hoje é fundamental para as pretensões gremistas.

Para os primeiros 90 minutos do enfrentamento com o Flamengo, o tricolor não poderá contar com três titulares: Leonardo Gomes, que só volta no próximo ano, Geromel, que se recupera de lesão muscular na coxa direita, e Jean Pyerre, que também tem lesão na coxa direita. O volante Maicon, mesmo treinando normalmente nos últimos dias, deve ficar no banco de reservas esta noite.

A provável escalação do Grêmio para o jogo desta quarta-feira tem Paulo Victor; Rafael Galhardo, David Braz, Kannemann e Cortez; Michel, Matheus Henrique, Alisson, Luan e Everton; Diego Tardelli.

Sensação do Brasil na temporada, o Flamengo possui o ataque mais positivo do País em 2019, com 100 gols marcados. Desde que assumiu o comando técnico, em meio à Copa América, o português Jorge Jesus tem feito do rubro-negro uma equipe intensa e muito ofensiva. O Flamengo deve entrar em campo na Arena com Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Everton Ribeiro, Arrascaeta e Bruno Henrique; Gabriel Barbosa.

Deixe seu comentário