Equipe montenegrina visita o Apafut neste domingo, pelo Campeonato Estadual Inovação

Futebol. Três categorias vão a Caxias do Sul neste final de semana

Depois de vencerem o Grêmio Flores da Cunha no último final de semana, as categorias “pares” do Fera voltam a campo neste domingo, para enfrentar o Apafut, em Caxias do Sul, pela fase classificatória do Campeonato Estadual Inovação. Embalada no certame, a equipe 2006 do Fera quer mais uma vitória, desta vez fora de casa, para se manter nas primeiras posições. Na rodada anterior, goleada por 6 a 1 sobre o time de Flores da Cunha.
A gurizada nascida em 2008 também vem de vitória tranquila (4 a 0) e agora quer superar o Apafut na Serra para dar sequência ao bom momento na temporada. O outro confronto entre caxienses e montenegrinos será pela categoria 2003/2004.

No sábado pela manhã, o Fera realiza um torneio interno no campo da Tanac, em Montenegro. O evento Sou Fera inicia às 8h30min e será disputado pelas categorias 2006/2007 e 2008/2009. Oportunidade para a garotada mostrar serviço e adquirir ritmo de jogo para os próximos desafios no Estadual Inovação.

Atacante Thomas (à direita) está realizando testes no Inter nesta semana. Foto: divulgação Fera
Um dos principais objetivos do projeto Fera é o encaminhamento de atletas para grandes clubes do Estado e do País. Nesta semana, dois meninos estão realizando testes no Inter: João Andrade, da categoria 2005, e o atacante Thomas Nunes Nascimento, da 2006.

Fora das quatro linhas, a escola montenegrina trabalha para oferecer as melhores condições para a gurizada. A comissão técnica está fazendo um “estágio de aprimoramento” em clubes de futebol e futsal do Rio Grande do Sul. Recentemente, o professor Júlio César Machado, o Julinho, acompanhou treinamentos das categorias Juvenil e Sub-20, além da equipe profissional da ACBF, de Carlos Barbosa.

“A ideia é trocar informações, agregar conhecimento, adquirir novos treinamentos técnicos e táticos, em campo reduzido, o que há de mais moderno no futebol. O Julinho foi o primeiro, na ACBF. Na sequência, o Jorginho e o Tiago Maratá também vão. Vamos acompanhar o trabalho do Grêmio, do Inter e do Juventude. Tivemos essa iniciativa porque nosso projeto é retomar a categoria Juvenil no ano que vem. Não desistimos dessa ideia”, ressalta o coordenador do Fera, Eduardo Vercelhese, o Da Páscoa.

Além disso, a escola montenegrina espera ter, em breve, um centro de treinamento próprio. Em reunião realizada nesta semana na Secretaria Estadual de Educação, o Chefe de Gabinete, Rafael Riffel, e o Vereador Juarez da Silva, solicitaram ao Governo do Estado a doação de uma área pública para instalação do Centro de Treinamento da Escola de Futebol Fera. A ação busca atender uma antiga solicitação dos coordenadores do projeto.

Deixe seu comentário