Marquinhos balançou a rede duas vezes para o time vencedor

Grêmio Gaúcho. Clássico foi eletrizante, principalmente no primeiro tempo

Emoção. Equilíbrio. Duelo. Gols. Muitos gols. Todos esses termos são obrigatórios para contar o jogaço entre Expulsos do Bar e Trans Brothers/Skinão. Após inúmeras reviravoltas e um primeiro tempo de tirar o fôlego, o Expulsos saiu vencedor por 4 a 3. O confronto abriu a segunda rodada do Campeonato de Futebol Sete do Grêmio Gaúcho. As duas equipes começaram a partida valorizando a posse de bola e se respeitando bastante. A primeira chance clara foi do Expulsos em chute de Ian Mateus, mas o arremate saiu sem muita força e o goleiro Gabriel Fernandes catou firme. A resposta veio de longe com Cássio, mas a bola saiu desviada.

Duelo entre o Trans Brothers e Expulsos foi equilibrado e teve inúmeras reviravoltas

O primeiro zero no placar eletrônico recém adquirido pelo clube saiu aos 5 minutos. Arlei, do Brothers, mandou um torpedo cruzado sem chances para o arqueiro Murilo. O empate veio aos 13, quando Marquinhos aproveitou o rebote depois de Ian Mateus obrigar Gabriel a fazer duas defesas. O adversário não teve tempo de absorver o golpe. Na sequência, Ian Mateus marcou depois de um bate-rebate. Era o 2 a 1 para o Expulsos. Mas o marcador não ficaria assim muito tempo. Aos 16, Claiton aproveitou rebote de Marcelo para deixar tudo igual de novo. No apagar das luzes do primeiro tempo, Edmilson aproveitou bom passe de Wesley e fez o 3 a 2 para o Trans Brothers. A resposta veio no lance seguinte com Marquinhos mais uma vez. E o duelo foi para o intervalo com tudo igual.

No segundo tempo, o Expulsos começou criando as melhores chances. Logo no começo da etapa complementar, Douglas Wesley obrigou o goleiro adversário a fazer uma ótima defesa com os pés para evitar o gol. No lance seguinte, de cabeça, o camisa 9 mandou para fora. Aos 11, ele não desperdiçaria após cobrança de escanteio de Renilto.

Apesar de o Expulsos ter sido melhor durante a maior parte do segundo tempo, Trans Brothers mostrou ter equipe para brigar por algo importante no semestre. “Foi um jogo muito bom, bastante intenso, os dois times tiveram ótimas chances. Conseguimos nos sobressair vindo de trás com a bola no pé, sem fazer lançamentos”, comentou o treinador do Expulso, Júlio Cézar de Vargas, o Julica.

Resultados da segunda rodada
Série Ouro
Trans Brothers 3 x 4 Expulsos do Bar
Tok de Bola 4 x 2 F.C. Colonos
Amigos do Tione 3 x 4 Irmãos da Bola 88
Feyenoord 1 x 4 TNT
JDN 3 x 3 Tricolor/Genifer Sports
Ellite 0 x 9 Absolut

Série Prata
É Nóis nas Quartas 1 x 2 Mercenarios
Turma das Quartas 3 x 0 F-10 Escolinha de Futebol
Carandiru F.C. 1 x 5 Os Restos/Mar de Chopp/Costa Imóveis
Unidos Trans Brothers 1 x 1 Skinão/César Confecções/Side Sul

Deixe seu comentário