Com o tempo de 44m15s, Dawitt Admasu conquistou o bicampeonato da prova

 

O etíope Dawitt Admasu e a queniana Flomena Cheyech levaram a melhor na corrida que reuniu cerca de 30 mil participantes, em São Paulo, na manhã desse domingo. Ambos venceram a 93ª edição da prova.

Com o tempo de 44m15s, Dawitt Admasu conquistou o bicampeonato da prova. O etíope suportou a pressão do queniano queniano Edwin Rotich. Admasu manteve a liderança e completou os 15km na liderança. No feminino, Flomena Cheyech teve vida muito mais fácil. Com o tempo de 50m18s, Flomena impôs ritmo forte desde a largada e abriu distância para as adversárias. Após ficar em segundo lugar no ano passado, a queniana não foi ameaçada durante os 15km.

 

O melhor resultado brasileiro foi de Joziane Cardoso, que terminou em 10º lugar. Marilson Gomes dos Santos, em 2010, foi o último brasileiro a vencer a São Silvestre. No feminino, Lucélia Peres foi a última brasileira campeã, em 2006.

Confira os resultados dos pódios das prova masculina e feminina:

1º: Dawitt Admasu (ETI) – 44m15s

2º:  Belay Bezabh (ETI) – 44m33S

3º: Edwin Rotich (QUE) – 44m43s

 

feminina:

1: Flomena Cheyech (QUE) – 50min18s

2: Sintayehu Hailemichael (ETI) – 50min55s

3: Birhane Dibaba (ETI) – 50min77s

Foto:Miguel SCHINCARIO / AFP

Deixe seu comentário