Isa Haas vem tendo sequência como volante no Brasileirão Feminino. Fotos: Mariana Capra / divulgação Inter

Em grande fase, jogadora montenegrina foi chamada para a Seleção Sub-20

Uma das atletas gaúchas de maior potencial no futebol brasileiro, a montenegrina Isadora Haas Gehlen, a Isa, vive grande momento com a camisa do Inter. Aos 19 anos, a jogadora tem sido titular com frequência na equipe principal das Gurias Coloradas e ganhou sequência fora da sua posição de origem. Nas últimas partidas, a zagueira Isa tem atuado como volante e vem sendo peça importante para a equipe se consolidar nas primeiras posições do Brasileirão Feminino.

Após 13 rodadas, o Inter ocupa a 3ª colocação, com 27 pontos, oito vitórias e apenas duas derrotas na competição. Os únicos resultados negativos do time gaúcho foram contra Santos e Corinthians, equipes que ocupam as duas primeiras posições na tabela de classificação e possuem várias jogadoras na Seleção Brasileira principal.

De volta ao Inter neste ano, após passagem pelo Sevilla, da Espanha, Isa Haas tem se mostrado uma atleta polivalente, que pode desempenhar bem várias funções. A posição de volante não é uma novidade para ela, que já atuou assim pelo Inter na conquista do Campeonato Brasileiro Sub-18, no ano passado. “É uma posição que já atuei na base e tenho noção. Claro que sou uma volante mais de contenção, que marca mais e desarma. Tive uma sequência boa na função e consegui ganhar a confiança do Maurício Salgado (treinador)”, destaca.

A atleta se sente à vontade como volante, e acredita que a sequência recebida na nova função só tem a acrescentar. “Foge bastante da linha de trás ali da zaga, pois na volância você joga de costas, entre outras incumbências que são diferentes. Acho que isso tudo agrega no meu futebol e me faz ser cada vez mais uma jogadora completa. Acredito que tenho espaço nas duas posições (zagueira e volante), porém a nossa volante titular lesionou, então eu tive sequência ali”, enfatiza a montenegrina.

Nesta semana, Isa foi convocada mais uma vez para a Seleção Brasileira Sub-20, para um período de treinamentos entre os dias 19 a 27 de outubro, na Granja Comary. A preparação visa a disputa da fase final do Campeonato Sul-Americano da categoria, que ocorre em novembro, na Argentina.

Feliz pelo momento, a jogadora da cidade quer aproveitar ao máximo esta fase. “Estou muito contente de ter sido convocada novamente. Sabemos que dentro do futebol existem fases e temos que aproveitá-las da melhor forma possível. Acredito que estou crescendo muito, aprendendo muito e agregando muitas qualidades no meu futebol”, ressalta.

Na Seleção Sub-20, Isa deve atuar em sua posição de origem. No entanto, ela reforça que as oportunidades como volante estão sendo valiosas para o seu crescimento. “Acredito que na seleção eu me encaixo mais no modelo de jogo como zagueira. Mas como volante, aqui no Inter, consigo agregar mais técnica e tática ao meu futebol, além da leitura de jogo, aspectos que me ajudam a ser uma jogadora melhor e mais completa”, frisa.

Jogadora montenegrina atuou no clássico Gre-Nal, vencido pelo Inter por 1 a 0. Fotos: Mariana Capra / divulgação Inter

Elenco fortalecido após a quarentena
A pandemia do novo coronavírus paralisou todas as atividades esportivas em março. Isa Haas e suas colegas de equipe ficaram quatro meses treinando em casa, com uma rotina totalmente diferente da habitual. No longo período sem treinos em conjunto, o contato do grupo de jogadoras e da comissão técnica era diário, mas através da tela do computador ou do celular.

“Foi um período muito atípico e de muita ansiedade, por não saber quando íamos voltar. A gente que joga futebol sempre tem data. Jogamos no domingo e já sabemos quando vai ser o próximo jogo, aí você consegue se planejar. Na quarentena não tinha como fazer isso, foram quatro meses em casa. A gente estava trabalhando por live, então sempre tínhamos ‘contato’ diário, e isso nos fortaleceu muito mais, nos deixou muito próximas”, salienta a atleta.

Para a zagueira, o bom momento das Coloradas no Brasileirão também se deve ao entrosamento fora das quatro linhas. “As lives diárias nos fizeram retornar da quarentena com uma união e uma força muito maiores, mais entrosadas em questão de objetivos, de saber o que realmente queríamos”, diz.

Atleta comemora mais uma convocação e quer aproveitar o bom momento. Fotos: Mariana Capra / divulgação Inter


Rotina intensa e foco no futebol

O longo período sem jogos devido à pandemia acabou espremendo o calendário do futebol brasileiro em seu retorno. Em média, são duas partidas por semana e pouco tempo livre para treinamentos. Por isso, Isa agora está morando em Porto Alegre e se dedicando exclusivamente ao futebol. “Nossa rotina é bem intensa, ainda mais agora, são jogos toda semana e os treinos são bem puxados. Aos poucos, você vai ganhando mais confiança, entrosamento e corrigindo erros”, declara.

No início do ano, a zagueira de 19 anos foi integrada oficialmente ao elenco profissional do Inter. Uma das mais novas do elenco, ela admite ter estranhado no começo, mas destaca que foi muito bem recebida pelas atletas mais experientes. “As jogadoras experientes me abraçaram e me integraram muito bem ao grupo. Elas são, com certeza, um espelho. São meninas muito experientes, de nome, que já viveram grandes experiências dentro do futebol. Aprendo muito, recebo muitos conselhos, diariamente”, completa.

Deixe seu comentário