Luis Rorig e Luis Figueiró foram os campeões das duplas do último ano. foto: Caroline Brito/ATM

Tênis. Neste ano, são 58 participantes na modalidade simples e 15 duplas

Está dada a largada ao Ranking Colina ATM 2018. Promovido pela Associação Montenegrina de Esporte e Cultura (AMEC), o certame inicia neste mês e segue até dezembro. Até lá serão centenas de jogos com tenistas de Montenegro e outras cidades da região. Ao todo, são 58 atletas disputando na modalidade simples – que é dividida nas classes A1, A2 e B – e outras 15 duplas, divididas nas classes A e B. As partidas são combinadas entre os participantes de cada grupo.

Coordenador técnico da entidade, Daniel Costa diz que a expectativa para o Ranking deste ano é muito boa. “Temos novos tenistas participando pela primeira vez e também a novidade da classe B de duplas, onde os atletas da classe B e antiga classe C podem participar”, sublinha. Ele reforça que este é o quarto ano do Ranking. Ano passado, a Classe A foi conquistada pela tenista Andrea Peters e o título da Classe B ficou com Tárcio Lerner. Nas duplas, Luis Rorig e Luis Figueiró conquistaram o título.

Campeão nas duplas e segundo lugar na Classe A do simples, Rorig, 46 anos, diz que está ansioso pela retomada dos jogos. Porém, seu principal foco não é a busca de novas conquistas, mas sim a integração com outros atletas. “A competição é o de menos. É bom ganhar, mas o melhor no tênis é o fair play”, garante. Para Rorig, a união dos tenistas promovida pelo Ranking da ATM está construindo uma história muito positiva no esporte montenegrino.
De acordo com o coordenador técnico da entidade, também estão nos planos da AMEC deste ano o aumento do número de alunos da escolinha e a formação de um grupo de aula para mulheres, bem como continuar o trabalho de captação de recursos para o projeto social Educando Através do Tênis.

O Ranking da ATM tem patrocínio da Colina Imóveis e Supermercados Mombach e apoio da BR Incorporadora, da Evolução Esportes e da Socem.

A divisão dos atletas
Classe A1
Grupo 1: A. Peters, E. Maders, R. dos Anjos, D. Carvalho, D. Ritt, L. Zanonato, G. Eichner, F. Maders, D. Zimmer e B. Rodrigues.
Grupo 2: P. Ritter, R. Schoellkopf, S. Schu, E. Bochi, M. Rodrigues, G. Gheno, M. Kindel, C. Severo, M. Oliveira e L. Rorig

Classe A2
Grupo 1: A. Souza, T. Lerner, C. Schoenell, H. Freitas, A. Bérgamo, J. Federhen, R. Hillesheim, L. Volkweis, M. Koehler e M. Cornélius.
Grupo 2: E. Martins, V. Martins, M. Parisotto, D. Santos, C. Silva, J. Haupenthal, C. Laux, M. Dalbosco, G. Cauduro e V. Cornélius.

Classe B
Grupo 1: V. Kirsten, R. Moraes, R. Laux, V. Koch, E. Vargas, M. Silva, M. Stanislau, M. Milk e B. Pietro
Grupo 2: C. Amarente, G. Tonietto, M. Augustin, V. Bundchen, R. Henning, G. Jann, M. Henke, G. Garcia e G. Vargas.

Classe A Duplas
E. Maders e A. Maders
L. Rorig e L. Figueiró
A. Bérgamo e H. Weinman
G. Eichner e G. Eichner
A. Peters e P. Ritter
S. Schu e D. Ritt
R. Schoellkopf e C. Muller

Classe B Dupla
A. Bérgamo e D. Santos
V. Cornélius e M. Cornélius
R. Henning e M. Augustin
L. Zanonato e V. Garbati
C. Schoennel e A. Souza
C. Silva e C. Silva
H. Freitas e G. Müller
T. Lerner e L. Volkweis

Deixe seu comentário