Kevin, de 11 anos, confirma um futuro para o esporte em Montenegro

O domingo de sol foi perfeito para o 3º Campeonato de Skate GOS e Loja Teahupoo, na pista do Parque Centenário. A disputa foi nas categorias Mirim (até 14 anos), que teve como campeão Wesley Ferreira, Iniciante (até 20), onde o primeiro lugar ficou com Fernando Villeroy, e Amador Open (mais de 20), que teve como campeão Alexandre Chaveiro. A campeã no feminino foi Stefani Sumaia. Além disso, Iago Moraes foi premiado pela melhor manobra. O apoio foi da Equipe Crew Skateboard Co. e os valor das inscrições foi revertido às atividades do Grupo Desbravadores, da Igreja Adventista.

Um dos organizadores foi o montenegrino Adiner Campos, que faz parte do Grupo Organizado de Skatistas (GOS). Ele aproveitou para lembrar que aquela é a única rampa na cidade. O movimento aguarda a construção do espaço no Aeroclube.

Com oito inscritos na Mirim, o organizador vibrou pelo sucesso do evento, que é um incentivo aos jovens que estão iniciando no esporte. Pois, segundo Magnus Adriano, o “Pilantra” da Equipe Crew, é justamente os “molequinhos” que mais se vê por ai. “O skate está crescendo muito na cidade” observou.
Um exemplo de nova geração é o Kevin de Almeida Azevedo, que no aquecimento já chamava atenção com suas manobras. O piá de 11 anos garante que começou a praticar apenas no ano passado, sob influencia do tio Luis Fernando. Hoje, ele cumpre rotina de 3 horas diárias, depois da escola, na rampa do Parque. “É vida. É um esporte”, respondeu, ao ser questionado sobre o significado do skate.

Deixe seu comentário