Grêmio aposta na mescla entre experiência e juventude para voltar a conquistar o Brasileirão. Foto: Lucas Uebel / divulgação Grêmio

Atual campeão, Flamengo começa a competição como grande favorito

Vai rolar a bola para mais uma edição do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, a competição, considerada por muitos como a mais equilibrada do mundo, começa com um grande favorito ao título, mas com várias equipes com potencial para levantar a taça. Campeão com números recordes em 2019, o Flamengo está com um elenco ainda melhor nesta temporada e é o principal candidato a ficar com o caneco. No entanto, pelo menos outros quatro times devem brigar pelo topo.

Entre eles, estão Grêmio e Inter. Mesmo sem conquistar o Brasileirão neste século, a dupla Gre-Nal tem potencial para brigar pelo título, junto com o regular Palmeiras e o reforçado Atlético-MG. Únicos representantes do Rio Grande do Sul na disputa, tricolor e colorado devem dar mais atenção ao campeonato neste ano, já que nas últimas temporadas, o certame nacional foi preterido pelos torneios mata-matas.

Pelos clássicos recentes e a sequência do trabalho de Renato Portaluppi, o Grêmio inicia o campeonato à frente do rival. Na última quarta-feira, a equipe gremista comprovou sua superioridade vencendo o Inter por 2 a 0 na Arena, na final do segundo turno do Campeonato Gaúcho. O plantel foi reforçado pontualmente em 2020. O experiente goleiro Vanderlei passa segurança à defesa, liderada pelos indiscutíveis Geromel e Kannemann.

Na lateral-direita, Victor Ferraz e Orejuela já demonstraram suas qualidades e devem brigar pela titularidade. No meio-campo, Lucas Silva é o reserva imediato de Maicon e Matheus Henrique, e mantém o nível dos titulares. No ataque, Diego Souza chegou com opiniões divididas dos torcedores, mas é o artilheiro do time no ano, com oito gols, e titular indiscutível. O único reforço da temporada que ainda não correspondeu é o meia Thiago Neves, que deve receber mais oportunidades durante o Brasileirão.

Por outro lado, a saída iminente de Everton para o Benfica, de Portugal, é lamentada – mas entendida – pelos tricolores. Seu substituto natural é Pepê, que fez boa temporada em 2019 e tem características semelhantes a Everton. O time-base do Grêmio para o Campeonato Brasileiro tem Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Alisson, Jean Pyerre e Everton (Pepê); Diego Souza.

Pressionado após mais um Gre-Nal sem vencer – e sem balançar as redes do rival –, o técnico Eduardo Coudet busca recuperar o moral do elenco e retomar a evolução apresentada pela equipe colorada antes da pandemia. Principal “reforço” da temporada, o treinador argentino foi contratado para mudar o estilo de jogo do time e vem fazendo isso, apesar dos insucessos nos clássicos.

O estilo reativo ficou para trás, e hoje o Inter busca, a partir da posse de bola e da intensidade, ser protagonista contra seus adversários. Dos jogadores contratados neste ano, Thiago Galhardo, Boschilia e Marcos Guilherme já mostraram ser bastante úteis. Outros nomes, como Saravia, Moisés e Musto, ainda estão devendo. Há ainda o garoto Yuri Alberto, recém-chegado do Santos, que foi contratado para fazer sombra a Paolo Guerrero.

Apesar de ter no plantel vários jovens oriundos das categorias da base, a utilização dos mesmos ainda é pequena. A torcida pede sequência para o lateral-esquerdo Leo Borges, os meias Praxedes e Nonato, e o atacante Peglow. O ídolo D’Alessandro, atualmente, é opção no banco de reservas. O time-base do Inter para o Campeonato Brasileiro tem Marcelo Lomba; Saravia, Bruno Fuchs, Cuesta e Moisés; Musto, Edenílson, Boschilia e Marcos Guilherme; Thiago Galhardo e Guerrero.

Intensidade, marcação alta e posse de bola: as armas do Inter para buscar o tetra do Campeonato Brasileiro. Foto: Ricardo Duarte / divulgação Inter

Como chegam os outros clubes
O Flamengo, como já citado anteriormente, é o grande favorito pela qualidade do elenco. No entanto, o trabalho do técnico espanhol Domènec Torrent, que chegou nesta semana para substituir o português Jorge Jesus, é cercado de expectativa por todos. O Atlético-MG, do técnico argentino Jorge Sampaoli, também está entre os postulantes ao título. O galo passou por uma verdadeira reformulação no elenco e contratou reforços para todos os setores. Destacam-se os laterais Mariano e Guilherme Arana, e os pontas Keno e Savarino.

O Palmeiras perdeu o ídolo Dudu, mas segue com um elenco recheado de boas opções e, nesta temporada, tem apostado nos jovens da base. Os meias Patrick de Paula e Gabriel Menino, e o atacante Gabriel Veron devem ser bastante utilizados no campeonato. O rival Corinthians tem no meia-atacante Luan, ex-Grêmio, sua referência técnica. Mesmo com uma defesa sólida, o time corintiano deve ter uma postura mais ofensiva nesta edição.

O São Paulo também tem jogadores de qualidade para brigar pelo topo da tabela, como Tiago Volpi, Daniel Alves, Hernanes, Pato e Pablo. Porém, os bastidores do clube estão sempre fervendo, o que afeta diretamente o desempenho no campo. Times como Athletico-PR, Santos, Fluminense, RB Bragantino, Botafogo, Bahia e Ceará devem ficar nas posições intermediárias da tabela, enquanto Vasco, Fortaleza, Sport, Coritiba, Atlético-GO e Goiás devem lutar contra o rebaixamento.

Jogos da 1ª rodada – Fim de semana
Sábado, às 19h – Fortaleza x Athletico-PR
Sábado, às 19h30min – Coritiba x Internacional
Sábado, às 21h – Sport x Ceará
Domingo, às 16h – Flamengo x Atlético-MG
Domingo, às 16h – Santos x RB Bragantino
Domingo, às 16h – Goiás x São Paulo
Domingo, às 19h – Grêmio x Fluminense
Botafogo x Bahia *
Corinthians x Atlético-GO *
Palmeiras x Vasco *
* Jogos adiados

Deixe seu comentário