Brasil, Firmino, Arthur, Argentina, futebol, amistoso
Firmino e Arthur foram titulares da Seleção Brasileira no Superclássico Foto: Lucas Figueiredo / divulgação CBF

O zagueiro Miranda tirou o zero do placar já nos acréscimos do segundo tempo e deu a vitória à Seleção Brasileira no amistoso contra a Argentina, ontem, na Arábia Saudita. Com muitas faltas e poucas oportunidades de gol, o jogo se encaminhava para um empate sem gols, até que Miranda subiu mais alto que o goleiro Romero em cobrança de escanteio feita por Neymar e desviou de cabeça para o fundo do gol: 1 a 0.

Referência técnica da Seleção Brasileira, Neymar sofreu muitas faltas, mas esteve apagado durante os 90 minutos. Mais discreto ainda estava Philippe Coutinho, bem marcado pelos defensores argentinos. Pela primeira vez, o técnico Tite escalou Gabriel Jesus e Roberto Firmino juntos no ataque. No meio-campo, o ex-gremista Arthur também foi titular e mostrou sua categoria habitual.

Do outro lado, a Argentina, mesmo sem Messi, Di Maria e Aguero, teve duas boas chances para abrir o placar nos primeiros minutos da etapa final, mas foi só. O atacante brasileiro Richarlison também perdeu uma grande oportunidades na metade do segundo tempo. A Seleção Brasileira volta a campo em novembro, para enfrentar o Uruguai, em mais um amistoso preparatório para a Copa América de 2019.

Deixe seu comentário