Aspirantes do Juventude vão representar a região nas finais da Taça da Amizade Foto: arquivo Ibiá

Brochier. Equipe da região vai encarar o Boavistense na decisão

Teve sofrimento e emoção até o final, mas o Juventude de Brochier conseguiu a classificação para a final da Taça da Amizade. A vaga veio com os Aspirantes, que superaram o Fluminense de Westfália nos pênaltis, após revés no tempo normal. Na decisão, o Juventude vai enfrentar o Boavistense em duas partidas. Os Titulares da equipe brochiense até venceram o Juventude de Westfália durante os 90 minutos, mas acabaram eliminados nas penalidades.

Nos jogos de volta das semifinais, que aconteceram no último domingo, o Juventude de Brochier contou com o apoio da sua torcida no estádio Olávio Fetzner. Apesar disso, o Fluminense não se intimidou e foi para cima dos mandantes. Como havia perdido no jogo de ida, o time de Westfália precisava vencer para levar a disputa da vaga para os pênaltis. E conseguiu. Com a vitória do Fluminense por 1 a 0, as equipes decidiram a classificação na marca da cal.

Com uma generosa dose de sofrimento e mais uma pitada de emoção, o Juventude de Brochier foi mais eficiente, venceu por 4 a 3 nas penalidades e carimbou vaga na decisão dos Aspirantes. Na outra semifinal, o Boavistense, dono da melhor campanha da categoria, derrotou o Ecas por 3 a 0 e também se garantiu na disputa do título. As finais acontecem nos dois próximos domingos, a partir das 13h, em Westfália e Boa Vista do Sul.

“Acredito que na final não tem favorito, talvez eles tenham uma vantagem por decidir em casa. É um time muito rápido do meio para frente, mas vamos jogar da mesma maneira nas duas decisões”, ressalta o presidente do Juventude de Brochier, Rodrigo Fetzner.

Os dois finalistas da categoria Titulares foram conhecidos após disputa de pênaltis. Em Brochier, o Juventude precisava vencer o xará de Westfália para levar a decisão da vaga para as penalidades. Com o apoio da torcida, o time brochiense fez 3 a 2 no tempo normal, mas o rival levou a melhor nos pênaltis (5 a 4) e avançou à decisão. Na outra semifinal, o Ecas surpreendeu o Boavistense nos 90 minutos, venceu por 5 a 3, e também levou o confronto para os pênaltis. Na marca da cal, o Boavistense venceu por 5 a 4.

Assim como nos Aspirantes, as finais dos Titulares serão disputadas nos próximos dois domingos, por Boavistense e Juventude de Westfália. O jogo de ida ocorre na casa do Juventude e o campeão da Taça da Amizade 2019 será conhecido em Boa Vista do Sul.

Deixe seu comentário