Campeão Estadual em 1985, agora Ildo joga “para não deixar morrer o Pingue Pongue em Montenegro”

Montenegro foi a cidade escolhida para sediar o retorno do Campeonato Gaúcho de Pingue Pongue, paralisado por mais de um ano devido a pandemia. Segundo a Federação Gaúcha, a cidade foi a primeira em mostrar interesse em receber atletas de mais de 60 municípios. A negociação foi direto com a Prefeitura. A Primeira Etapa da edição 2021 aconteceu na tarde de sábado, no ginásio da Comunidade Evangélica de Campo do Meio, com Campeão e Vice das Divisões Elite (1º) e Acesso (2º).

E não havia em Montenegro palco melhor do que aquela comunidade do interior. Campo do Meio foi berço de um movimento esportista entre os anos 70 e 80, quando Montenegro chegou a realizar torneio municipal. A recordação é do agricultor e comerciante Ildo Kettermann, 64 anos, que sábado liderava a única representante de Montenegro no Estadual. Ele divide o protagonismo da Equipe Café Colonial Família Kettermann com os veteranos José Carlos Hining e Julio Kranz, além do jovem Fabio Berg.

Equipe Café Colonial Família Kettermann é única representante de Montenegro no Estadual de 2021

Uma participação que não faz justiça aos áureos tempos do Pingue Pongue Montenegrino, disseminado por Ildo por mais de 20 anos; baseado em seus 40 anos de praticante. O jogador recorda que, há 50 ou 40 anos, cada comunidade do interior tinha, ao menos, um quinteto de atletas jogava torneios. Ele integrava a Jecam (Juventude Evangélica de Campo do Meio), que rodou o Rio Grande do Sul atrás de vitórias e amizades, alcançando em 1985 a Divisão de Acesso do Campeonato Estadual.

Etapas têm campeão e vice das Elite e Acesso

Na Zona Urbana de Montenegro a força estava em clubes, como o Comércio e o Caça & Pesca. Os jogos entre montenegrinos era a diversão das tarde de domingo. Já as competições estaduais aconteciam nas noites de sexta-feira, com as equipes dividas em duas chaves e se enfrentando no sistema ‘todos contra todos’, com jogos de ida e volta que duravam o ano inteiro. A Equipe Café Colonial é uma tentativa de Ildo e seus amigos de manter o Pingue Pongue na história do município, que hoje deve ter algo como 15 atletas em atividade.

Conquista das etapas apontará os grandes campeões
O vice-presidente da Federação Gaúcha de Pingue Pongue, Patrício Silva, explicou que neste ano o Campeonato será curto, com quatro etapas, ao invés das tradicionais 11. Cada uma terá campeão e vice da 1º e da 2º Divisão; além da categoria Feminina e Aspirantes.

Ao todo, 51 equipes com mais de 200 atletas foram recebidos sábado em Campo do Meio

Na Primeira Etapa Montenegro, 12 equipes disputaram a Elite e 39 a Acesso (com três titulares e um reserva cada). Foi exigido de todos comprovação de, ao menos, primeira dose de vacina contra Covid-19.

Vice-presidente da Federação Gaúcha de Pingue Pongue, Patrício Silva

 

 

Os enfrentamentos são definidos em sorteio que forma chaves, classificando as quatro melhores para a final da etapa. As conquistas de etapas somam pontos, que no final do ano definirão o Campeão Gaúcho.

 

Deixe seu comentário