Sem surpresas. Convenções confirmaram o que já vinha sendo acordado nas últimas semanas

O fim de semana e a segunda-feira foram de intensas movimentações na política montenegrina. De sábado à tarde até a noite desta segunda-feira, mais três candidaturas a prefeito e vice, envolvendo diversos partidos, foram confirmadas. Até agora, a disputa pela principal cadeira do Palácio Rio Branco tem quatro competidores, todos homens, mas um quinto ainda pode surgir nesta quarta-feira, quando o PT define sua posição no tabuleiro.

No sábado, o PSDB lançou Márcio Menezes e Eliza Fukuoka, em chapa pura; e o PDT indicou, por aclamação, o empresário Ademir Fachini como vice de Percival de Oliveira, do Republicanos. A aliança foi confirmada na noite de ontem, durante a convenção republicana. A dupla ainda terá o apoio do Cidadania e do PSL. Praticamente no mesmo horário, PTB e MDB homologaram as candidaturas de Gustavo Zanatta e Cristiano Braatz, que contarão com a parceria do PRTB e do DEM. Os três candidatos somam-se ao prefeito Kadu Müller e à vereadora Josi Paz, fruto de uma composição entre PP, PSB e PL, que realizaram seus encontros de forma conjunta no sábado anterior, dia 5.

Até o momento, as legendas que participam das coligações lançaram 108 nomes para as dez cadeiras da Câmara de Vereadores. Porém, estas listas ainda podem sofrer alterações nos próximos dias, por conta de substituições e inclusões de novos aspirantes nos partidos que não aproveitaram as 15 vagas a que têm direito.

De acordo com o calendário eleitoral, modificado em virtude da pandemia do novo coronavírus, o prazo para as convenções encerra nesta quarta-feira, dia 16 de setembro. Na sequência, os partidos e as coligações devem registrar as candidaturas, abrindo caminho para o início da campanha eleitoral propriamente dita. A partir do dia 27, os aspirantes a prefeito e a vereador podem iniciar a busca pelos votos dos eleitores.

Na 31ª Zona Eleitoral, que atende aos municípios de Montenegro, Brochier, Maratá, Pareci Novo e São José do Sul, o pleito será presidido pela juíza Priscila Gomes Palmeiro. Já o Ministério Público será representado pela promotora Graziela Vieira Lorenzoni.

Deixe seu comentário