FOTO: ARQUIVO PESSOAL

O primeiro nome do primeiro escalão do governo Zanatta foi anunciado nessa quinta-feira, 19 de novembro. A professora Cíglia da Silveira, 62 anos, aceitou o convite do prefeito eleito e vai assumir a secretaria municipal de Educação e Cultura de Montenegro  no próximo mandato. “É um grande desafio e uma grande responsabilidade, porque nós sabemos que o desenvolvimento de um Município, de um Estado e de um País passa pela Educação”, comenta a indicada. “Com os colegas da secretaria e com a nossa categoria, os professores e funcionários de escola, mais integrados à área da Saúde e à ação social, a gente pretende fazer um trabalho forte e de muita dedicação.”

A futura secretária já havia recebido convite para assumir a pasta quando Gustavo Zanatta concorreu a prefeito em 2016. “Desde então, sempre que ele me encontrava, me chamava de ‘minha secretária’”, recorda a professora. O prefeito eleito destacou que o nome de Cíglia chegou a ele por meio de muitos educadores que a indicaram ao cargo. “A gente sempre teve bons olhos para que isso acontecesse. Eu fiquei muito feliz e ela ficou muito feliz”, comenta. “É quando fecha: eu quero, ela quer e os professores querem.”

Cíglia já teve passagens pela secretaria de Educação e Cultura nos governos Ivan Zimmer, Madalena Bühler e Percival de Olveira; onde atuou na coordenação de anos iniciais e na coordenação da Educação Infantil, se envolvendo, especialmente, na estruturação e formação de equipe de novas instituições que abriram na época. Com 42 anos da vida dedicados à Educação, além da rede municipal, ela atuou também na estadual e na particular, tendo dado aulas no Magistério e auxiliado na formação de professores; experiência que ela quer levar para o novo desafio que abraça a partir de primeiro de janeiro. “Com meus colegas e toda a equipe, a gente pode fazer um trabalho bom pela Educação. As nossas crianças, os adolescentes e a comunidade merecem”, declara.

Deixe seu comentário