A enfermeira Marina Spohr (esquerda), e o médico Paulo Souza Miranda (direita) foram os primeiros vacinados

Após 10 meses de espera, a vacinação contra a Covid-19 teve início em Brochier na tarde desta quarta-feira, 20. As primeiras pessoas imunizadas na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Centro foram à enfermeira Marina Spohr, e o médico Paulo Souza Miranda.

Às 10h da manhã as doses do Município já estavam disponíveis para a retirada na 1ª Coordenadoria Regional de Saúde. Porém, foi às 15h10min que finalmente foram aplicadas as primeiras doses da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac.

Brochier recebeu 61 doses da vacina

“É um sentimento de alegria por poder imunizar os servidores da saúde que desde o início estão trabalhando unidos e até sobrecarregados em função da pandemia, mas também é frustrante em ter que escolher quais serão os servidores que vão receber a vacina”, diz a secretária de Saúde e Assistência Social, Mônica Aline Kerber Neis. A cidade recebeu 61 doses do imunizante, que irá contemplar inicialmente os profissionais da saúde que estão na linha de frente contra a Covid-19, e também os idosos e trabalhadores da Instituição de Longa Permanência para Idosos do Município – todos integrantes do 1° grupo prioritário do Plano de Vacinação.

Cartão de vacinação da enfermeira Marina

A expectativa é que a vacinação dos idosos já inicie nesta quinta-feira, 21. “A lista de idosos do lar ainda não foi finalizada, por isso terá que ser aguardado, para depois vacinar os nossos profissionais”, relata Mônica. A vacinação ocorrerá nesse primeiro momento de modo volante, ou seja, a equipe irá até o Lar para imunizar os moradores e funcionários.

De acordo com a secretária, ainda não há expectativa para o início da vacinação do próximo grupo, pois dependerá do envio dos imunizantes pelo governo do Estado. As doses da segunda vacina do primeiro grupo ainda estão com o governo, e assim que liberadas uma equipe da saúde irá buscar. A CoronaVac é aplicada em duas doses, num intervalo de cerca de 21 dias.

Momento histórico

A enfermeira Marina Spohr atua na linha de frente contra o coronavírus

Atuando na linha de frente contra a Covid-19 em Brochier, a enfermeira, Marina Spohr, de 33 anos, foi a primeira a ser vacinada no Município. Responsável pela coleta dos testes do coronavírus, ela trabalha há um ano na UBS e declara estar aliviada pela vacinação. “É muito bom! E que agora as outras pessoas também façam parte desse grupo”, deseja.

Mãe de um menino, ela conta que a sua maior preocupação era com ele. “A gente também não sabia como era, como evoluía e se eu poderia desenvolver e passar pra ele. Eu amamento até hoje, mas graças a Deus deu tudo certo”, fala Marina. Ela ainda agradece pelos poucos casos que necessitaram de hospitalizações, e também pelo município não ter nenhum óbito até o momento.

O médico Paulo Souza Miranda atende na UBS Centro há mais de três anos

Médico na UBS, Paulo Souza Miranda, de 31 anos, foi o segundo a ser imunizado. O Mato-grossense trabalha na Unidade há três anos e quatro meses. “A Covid mudou bastante a rotina, foi exaustivo e também teve preocupação, mas agora com a vacina ficaremos tranquilos”, diz.

Paulo atende todos os casos suspeitos no posto, e considera esse momento especial. “É um momento histórico, ainda mais pra nós aqui que não tivemos nenhum óbito, poucas internações, e agora temos poucos casos ativos. É uma vitória pra nós da UBS”, completa o médico.

Deixe seu comentário