Cartazes preventivos foram colocados em locais de grande acesso na cidade. Foto: Arquivo Pessoal/ Denise Vicente
Vídeo oferece ajuda através de contatos

Casos de violência contra mulheres cresceram durante a pandemia

“Saiba que estamos com você 24h por dia”. Essa é uma das mensagens de apoio divulgadas em um vídeo do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim) juntamente com a Rede de Apoio às Mulheres Vítimas de Violência de Montenegro. A Campanha busca informar os canais para denúncias de violência e incentivar as vítimas que denunciem os seus agressores.

O vídeo que está nas redes sociais desde a noite dessa quinta-feira, 28, abordando o aumento da violência doméstica durante a pandemia. Para a segurança daqueles que assistem, ele não possui som. Durante o vídeo é possível consultar os números para a ajuda, que são mostrados em cartazes por integrantes da Rede.

Segundo a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim), Carliane Pinheiro, a Kaká, é importante que toda a comunidade saiba os canais de denúncia para também poder ajudar ao próximo. “As mulheres muitas vezes estão com o agressor no seu lado e não sabem a quem recorrer”, diz. Após a denúncia, Kaká relata que a mulher terá todo o apoio da Rede, e se necessário poderá solicitar medida protetiva.

Para a Juíza Deise Fabiana Lange Vicente, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Montenegro, com competência para violência doméstica, o vídeo ajuda a divulgar os serviços de atendimento às vítimas no município podendo aumentar o número de denúncias e até prisões. Segundo ela, no início da pandemia houve um decréscimo nos pedidos de medidas protetivas de urgência, mas após uma Campanha da Comarca os números aumentaram, inclusive, com colaboração de vizinhos de vítimas.

“Fizemos uma campanha: “quarentena sem violência”, que consistiu na distribuição de cartazes em comércios e farmácias locais divulgando números de contato em caso de necessidade”, explica. Na cidade, os casos mais recorrentes de violência é ameaça, lesões e descumprimento de medida. “Felizmente, as vítimas estão tendo coragem para mudar a situação de violência que se encontram”, completa a juíza.

Contatos para denúncia em Montenegro:
Brigada Militar: 190
CAPS: 3632-5317
COMDIM: 3649-0019
Conselho Tutelar: 99707-9723 ou 3649-8279
CRAS: 3649-1110
CREAS: 3649-1480
CUFA: 99609-9049
DEAM: 3649-0023
Def. Pública: 3632-9201
Disque: 180
Hospital Montenegro: 3632-1233
Judic./Plantão: 9991-6339
OAB Montenegro: 36325767
RECREO: 3632-2275
Sec. de Saúde: 3632-3102
SMEC: 3632-5447
Unimed: 3632-0900

Deixe seu comentário