Grupo Vibra é a 106ª maior empresa do Rio Grande do Sul, segundo a Revista Amanhã e PwC. Grupo Vibra/Divulgação

Grandes & Líderes. Ranking considera patrimônio, receita e lucro para eleger as companhias mais destacadas

A cerimônia de premiação das 500 maiores companhias do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, que será realizada hoje, a partir das 8h30min, na Expo Unimed, em Curitiba, terá duas representantes de Montenegro. No ranking “Grandes & Líderes – 500 Maiores do Sul 2017”, promovido pela Revista Amanhã e PwC Brasil, o Grupo Vibra aparece na posição de número 106, enquanto a Tanac ocupa a posição 215. O Vale do Caí também está destacado pela Conservas Oderich, de São Sebastião do Caí, no 230º lugar.

Segundo a pesquisa, o lucro líquido da primeira, em 2016, foi de R$ 19,6 milhões, enquanto o da segunda, de R$ 42,29 milhões. Contudo, o ranking se baseia em um indicador exclusivo criado por Amanhã e PxC: o Valor Ponderado de Grandeza (VPG) — índice que apresenta a saúde financeira da empresa não apenas em função da renda, mas pela ponderação de três indicadores financeiros: patrimônio líquido (50%), receita líquida (40%) e lucro líquido ou prejuízo (10%). Neste sentido, o VPG do Grupo Vibra é de R$ 580,43 milhões, e o da Tanac, de R$ 250,74 milhões.

“O ranking é uma completa radiografia empresarial do Sul, e a cerimônia de premiação será uma oportunidade ímpar para refletir sobre o futuro do Brasil e o papel dos líderes nas mudanças que o país precisa promover”, destaca Jorge Polydoro, editor da revista Amanhã.

O evento contará com palestra do juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal, que vai abordar o tema “Integridade Empresarial”. Paulo Rabello de Castro, presidente do BNDES, falará do “O Financiamento da Eficiência”.

Deixe seu comentário