Comissão Geral de Pareceres analisou os projetos esta manhã. Foto: Câmara de Vereadores

A Câmara de Vereadores retomou suas atividades nesta quarta-feira e, na noite de hoje, promove sua primeira sessão ordinária desde a adoção das políticas de isolamento decorrentes da pandemia de coronavírus. Os parlamentares estarão reunidos em plenário, a partir das 19h, para analisar e discutir dois projetos de lei. A sessão será sem público, permitida somente a entrada no plenário de servidores e profissionais da imprensa. Haverá transmissão pelo Facebook e Youtube.

Os dois projetos que integram a pauta de votações foram analisados e discutidos durante a manhã desta quinta. O primeiro, que chegou ao legislativo dia 14 de março, antes da pandemia, autoriza a aplicação de R$ 240 mil na aquisição de um caminhão cabine dupla com carroceria baú, para manutenção das sinalizações de trânsito. O recurso é oriundo do Fundo Municipal de Trânsito (Funtran).

Os vereadores que integram a Comissão Geral de Pareceres – Neri de Mello Pena (PTB), Talis Ferreira (Progressistas), Juarez da Silva (PTB), Felipe Kinn (MDB) e Josi Paz (PSB) – votaram contra a proposta. Eles defendem que, neste momento, as verbas seriam melhor aplicados na compra de placas de sinalização e abrigos para as paradas de ônibus. A matéria vai para votação com parecer contrário. Em plenário, porém, o resultado pode ser diferente, já que os dez vereadores votam o projeto.

A segunda matéria em pauta permite a abertura de crédito especial no valor de R$ 226.550,00 para aquisição de mais um ônibus escolar, reforçando a frota que atende aos alunos da rede municipal de ensino. Este projeto foi aprovado por unanimidade da CGP. O recurso é federal e específico para essa finalidade.

A sessão começa às 19h.

Deixe seu comentário