As dezesseis marcas filiadas à Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeifa) anotaram em agosto alta de 22,6% em relação a julho último. O mês passado foram registrados 3.801 licenciamentos, contra 3.101 unidades importadas vendidas no mês de julho. Ante igual período de 2017, o resultado de agosto é 34,7% maior. Foram 3.801 unidades contra 2.821 veículos emplacados em agosto do ano passado.

“Foi o melhor desde dezembro de 2015, mas com muito sacrifício para todos os importadores”, explica José Luiz Gandini, presidente da Abeifa. Ele aponta que todas as revendas tiveram de segurar preços promocionais, mesmo com o dólar no patamar de R$ 4,10. Agora para o último quadrimestre do ano, o setor “tentará” manter vendas mensais de 3,8 mil unidades.

“Mas, a permanecer com o dólar acima dos R$ 4,00, dificilmente conseguiremos alcançar sequer a nossa meta do ano de 40 mil unidades”, prevê o presidente. Para Gandini, depois da greve dos caminhoneiros e da Copa do Mundo que, de alguma forma, influenciaram o comportamento de vendas em maio e junho, a falta de confiança do consumidor ainda persiste. E agora com um componente a mais: a eleição presidencial.

Em agosto último, o total de 3.801 unidades importadas da Abeifa significou 1,59% do mercado interno, que emplacou 239.245 automóveis e comerciais leves. Se considerado somente a importação total, as associadas à Abeifa responderam por 12,7% (do total de 29.874 unidades importadas).

– de janeiro a agosto
Kia Motors (7.963 unidades / +43,2%)
Volvo (4.051 / +85,2%)
Jac Motors (2.865 / +29,1%)
BMW (1.842 / +34,2%)
Suzuki (1.725 / +1,5%)

– no mês de agosto
Kia Motors (1.064 / +32,3%)
Volvo (777 / +28,1%)
Jac (363 / +21%)
BMW (291 / +40,6)
Suzuki (264 / -1,5%)

Montadoras com produção no Brasil
As que mais cresceram são BMW, Chery, Land Rover e Suzuki, que fecharam o mês de agosto com 2.379 unidades emplacadas. O número representa alta de 28,5% em relação a julho de 2018. Comparado a agosto do ano passado, a alta é de 21,8%, quando foram emplacadas 1.953 unidades nacionais.

– BMW cresceu 10,8%
– CAOA Chery 85,2%
– Land Rover 8,2%
– Suzuki 22,7%

Deixe seu comentário