Conforme a assessoria de comunicação da prefeitura de Montenegro, as aulas na rede pública de ensino seguem normalmente nesta segunda-feira, 28. Contudo, não está descartada a possibilidade de alterações ao longo da semana. Já na manhã desta segunda, haverá uma reunião no gabinete do prefeito municipal para alinhar novas estratégias e adaptações que sejam necessárias. A Administração ressalta que o município enfrenta o reflexo do contexto nacional.

As escolas particulares não divulgaram como ficam as atividades. Mas, segundo pais de alunos, as aulas seguem normalmente.

A Universidade de Santa Cruz do Sul, campus de Montenegro, informa que, assim como já ocorreu na quinta, na sexta e no sábado, nesta segunda também não haverá aula.Quanto aos demais dias da semana, a universidade divulgará um novo comunicado ao longo do dia.

Na Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS) também não haverá atividades. No período da tarde, desta segunda, será definido quanto aos demais dias da semana.

Em Brochier as aulas transcorrem normalmente. No município vizinho, Maratá, somente a secretaria municipal da Saúde prestará serviços nesse início de semana. Conforme o prefeito local, Fernando Scharammel, às 14h será realizada uma reunião com todos os setores da administração para definir o rumo das atividades para terça-feira.
O município de Pareci Novo também optou em suspender as aulas na rede municipal nesta segunda-feira. A justificativa para a decisão é atribuída a questões de segurança e para manter serviços de atendimento básico, já que a cidade também enfrenta escassez de combustível.

Em São Sebastião do Caí, em virtude das dificuldades de professores e alunos em chegar às escolas, impostas pela falta de combustíveis, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto (SMECD) informa que estão suspensas as aulas em toda a rede municipal de ensino de São Sebastião do Caí. Com a decisão, não ocorrerão aulas na segunda, terça e quarta-feira da próxima semana, dias 28, 29 e 30. Na quinta e sexta-feira já não teria aula devido ao feriadão de Corpus Christi. Parte das escolas da rede estadual também paralisou as atividades.

Foto Ilustrativa

Deixe seu comentário