Veículo da família (foto antiga) não contava com seguro, o que deixou as vítimas com um grande prejuízo foto: Arquivo pessoal

Ataque ousado. Criminoso aproveitou presença de lombada eletrônica na via

Uma família, moradora da localidade de Catupi, em Triunfo, viveu momentos de medo ontem à tarde, em Montenegro. Por volta das 15h, o proprietário de uma fábrica de artesanato de 44 anos, que pediu para não ter a identidade revelada, foi surpreendido por um homem armado na RSC-287, no bairro Cinco de Maio.

O artesão viajava a bordo de seu furgão Mercedes Sprinter, placas IUL 7149, de Montenegro, acompanhado da esposa de 43 anos e do filho de 17 anos, quando foi obrigado a reduzir a velocidade nas proximidades da lombada eletrônica. De um Ford Focus cinza, saltou um homem armado com um revólver em sua direção.

Rendido, mesmo com dezenas de veículos atrás, ele foi obrigado a permitir que o criminoso entrasse no veículo, que tem apenas três lugares. O filho de 17 anos precisou dar colo para o assaltante. A família, que estava indo para o Centro pagar contas e resolver outros compromissos, teve que rumar em direção a Lajeado.

Polícia, Brigada, Roubo, RSC-287
Furgão foi fabricado em 2012. Foto: Arquivo pessoal

Logo depois do acesso à ERS-124, na RSC-287, a família foi deixada no acostamento pelo criminoso, que seguiu o Ford Focus, em que estava o outro companheiro. Apesar do movimento da rodovia, apenas uma pessoa prestou socorro. Os criminosos levaram o furgão, fabricado em 2012, que não conta com seguro, documentos das vítimas, telefones celulares e R$ 1.100,00.

É a primeira vez que o artesão é vítima de criminosos e, apesar disso, procurou manter a tranquilidade de todos, inclusive do ladrão. Aliás, o criminoso até deixou que a esposa do artesão pegasse os documentos da bolsa. Nervosa, a mulher não conseguiu aceitar a oferta, salvando apenas o uniforme escolar da filha, que ficou em casa.

A Brigada Militar foi acionada, mas não encontrou os criminosos até o fechamento da edição. O caso foi registrado na DPPA Vale do Caí.

Deixe seu comentário