farmácia do Município foi modernizada, facilitando o controle de estoque e pacientes. Ideia é integrar com prontuário eletrônico

Horário. Agora médicos irão atender população das 8h às 20h, sem intervalos

Buscando melhorar o acolhimento na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Centro do município, a Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social (SMSAS) mudará o horário do atendimento médico na unidade. A partir do dia 1º de julho, o atendimento será contínuo das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira. Porém, o posto não abrirá mais aos sábados, quando os casos de urgência e emergência passarão a serem atendidos pelo plantão através do telefone 9 9635-6848. De acordo com a secretária Solange Salapata Reisdorfer, a ideia é melhorar o atendimento semanal.

Secretária destaca que atendimento aos sábados será via plantão

Conforme Solange, hoje o atendimento ocorre das 8h ao meio-dia e das 13h às 20h, sem atendimento médico do meio-dia às 13h e das 17h às 18h. “A gente vai fazer um continuado, abrir as 8h e seguir até as 20h sempre tendo médicos”, explica. Com isso, não haverá mais a necessidade de pacientes esperarem por médicos durante os intervalos. Ela reforça que nas UBS do interior que possuem atendimento médico o horário segue sem alterações. Solange afirma que a decisão foi tomada para que o Município conseguisse suprir a demanda de atendimento durante a semana e economizar com os gastos que haviam com a abertura do posto aos sábado, quando os pacientes eram mais raros.

Além da mudança de horário, a secretária destaca a modernização do sistema utilizado na secretaria. A mais recente atualização foi a instalação de um programa que auxilia no controle do estoque de remédios do Município. Por ser um sistema novo, é necessário que os usuários da farmácia da SMSAS apresentem cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) atualizado. Quem precisar atualizá-lo pode fazê-lo diretamente na secretaria levando CPF, comprovante de endereço e, caso for menor de idade, certidão de nascimento.

De acordo com Solange, o novo programa está sendo de bastante auxílio. Ela revela que assim que assumiu a pasta foi preciso devolver ou repassar remédios e ataduras para outros municípios ou doá-los para hospitais porque haviam muitos medicamentos e alguns estavam perto de passar da validade. “É um gasto de dinheiro. Com esse novo sistema a gente tem todo o controle”, garante.

Funcionárias da farmácia do município, Tatiane Arnhold e Cleidiane Regina Stein estão contentes com o novo sistema. Elas destacam que antes todo o trabalho era manual e que o programa facilitou o controle do estoque e também de pacientes. “Ele é bem completo e agilizou o trabalho”, afirmam.

Modernização chegará às UBS do interior
De acordo com a secretária de Saúde e Assistência Social, as UBS do interior também devem receber avanços tecnológicos. O primeiro passo foi equipar as agentes de saúde com tablets. O próximo será instalar computadores nos postos. “As UBS do interior não tinham internet, a gente começou a coloca e no momento que estiver tudo ok já temos os computadores. Está tudo comprado”, afirma.

Conforme Solange, a UBS do Centro já conta com prontuário eletrônico. Assim, a ficha do paciente é informada pelo sistema ao médico que realiza o atendimento. A secretária revela que a ideia é interligar este sistema ao de controle de remédios, para que os profissionais da saúde também tenham conhecimento de quais medicamentos estão disponíveis e que podem ser prescritos.

Solange conta ainda que a UBS de Matiel, onde atualmente é realizado apenas atendimento de dentista para os estudantes da escola da localidade, deve passar por uma reforma e futuramente também ter atendimento médico.

Deixe seu comentário