foto: Arquivo/Jornal Ibiá

TIRE SUAS DÚVIDAS. As inscrições vão até o dia 21 de outubro

A publicação do edital para o Concurso Público da Prefeitura de Montenegro repercutiu bastante desde o dia 1º. Com as inscrições abertas, são muitos os interessados pelas 52 vagas disponíveis e pela formação de cadastro reserva. Com oferta para formados no Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico e Ensino Superior, os salários-base chegam a R$ 7.109,21.

As provas estão sendo organizadas pela Fundação La Salle, que foi contratada pelo Município, e as inscrições podem ser feitas diretamente no site da entidade, clicando aqui, até as 18h do dia 21 de outubro. O edital pode ser encontrado aqui, com todos os detalhes. A seguir, fizemos um “resumão” dos principais deles. Confira e não fique para trás!

DATAS PARA FICAR DE OLHO:

  • 21/10/2019 – Último dia para as inscrições, até as 18h
  • 22/10/2019 – Último dia para o pagamento do boleto da taxa de inscrição
  • 14/11/2019 – Divulgação do local e horário das provas objetivas
  • 24/11/2019 – Aplicação das provas objetivas (data prevista)
  • 09/12/2019 – Publicação dos gabaritos
  • 10 à 12/12/2019 – Período para entrega dos documentos das provas de títulos
  • 16/12/2019 – Divulgação das notas das provas objetivas
  • 15/01/2020 – Divulgação das notas das provas de títulos

AS VAGAS DISPONÍVEIS:

Prova objetiva terá 40 questões de múltipla escolha

24 de novembro é a data prevista para a aplicação das provas objetivas, um domingo. Os testes terão quarenta questões de múltipla escolha, com cinco alternativas de resposta. Dessas, são dez de conhecimentos específicos do cargo, dez de Língua Portuguesa, dez de Raciocínio Lógico e dez de Legislação. Na hora da correção e classificação, os conhecimentos específicos têm mais peso na nota final, seguidos de Língua Portuguesa e Legislação, com peso igual, e, então, das questões de Raciocínio Lógico.

É preciso estar no local da prova com, pelo menos, uma hora de antecedência para fins de identificação. O candidato deve levar caneta esferográfica de tinta azul ou preta e é proibido de usar aparelhos eletrônicos, bonés ou óculos escuros.

E atenção aos documentos de identidade aceitos para a entrada na sala. São aceitas carteiras expedidas pelos comandos militares, secretarias de segurança pública, institutos de identificação e corpo de bombeiros militares. Também, carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional, passaporte brasileiro, certificado de reservista, carteiras funcionais expedidas por órgão público, Carteira de Trabalho e Carteira Nacional de Habilitação.

Não adianta levar certidão de nascimento, cartão CPF, Título eleitoral, carteira de estudante ou carteira de identidade digital. Essas não são aceitas.

No local da prova, a Fundação é autorizada a submeter os candidatos ao sistema de detector de metal. O candidato que fizer uso de marca-passo, pinos cirúrgicos ou outros instrumentos metálicos, então, deve levar laudos comprobatórios para ficarem isento do processo.

Há o período mínimo de uma hora de permanência nas salas de prova. O tempo máximo para realização é de 3 horas e, só após a segunda hora, o participante poderá sair levando seu caderno de provas. É permitido o consumo de líquidos, balas e chicletes em embalagens transparentes e sem rótulos. Outros tipos de alimentos não são autorizados.

Nova lei prevê isenção na inscrição

Foi sancionada neste ano a lei municipal 6.607. Ela prevê algumas isenções nas taxas do concurso público, caso as condições tenham sido devidamente comprovadas ao Poder Público até o dia 7 de outubro. O benefício é concedido a: inscritos no Cadastro Único do Governo Federal; membros de famílias de baixa renda; doadores voluntários de medula óssea cadastrados no Sistema Nacional de Transplantes; doadores de sangue; candidatos convocados e nomeados pelo Tribunal Regional Eleitoral da 31ª Zona par prestar serviços no período eleitoral; que tenham exercido função de jurados em Tribunal de Júri da Comarca de Montenegro; e portadores de deficiência nos termos da lei federal 13.146/2015.

Não possui internet para se inscrever?

A Prefeitura está disponibilizando um local para estes casos. Há um computador disponível na Estação da Cultura (sala 4, na rua Osvaldo Aranha, 2215) que funciona em dias úteis, das 9h às 11h30 e das 13h30 às 15h30.

Há acesso especial para afro-brasileiros e pessoas com deficiência

Além do “acesso universal”, a seleção dos candidatos tem outras duas categorias na divisão das vagas. O edital prevê que, em conformidade com a lei municipal 4.016/2014, 12% das vagas disponíveis de cada cargo fiquem asseguradas aos candidatos afro-brasileiros, declarados de cor negra ou parda. Também, de acordo com a lei 3.461/1999, é reservado o percentual de 10% das vagas para Pessoa com Deficiência.

Prova de títulos comprova a capacitação do candidato

As chamadas “provas de títulos” são cada vez mais comuns nos concursos públicos pelo País. Nos cargos que exigem Ensino Superior, elas servem para diferenciar aqueles candidatos que tenha conhecimentos a mais de formação, como pós-graduação, mestrado, doutorado e afins. No concurso de Montenegro, a prova prevê três modalidades: especialização ou MBA contam 3 pontos; mestrado conta 4 pontos e doutorado conta 5 pontos. Entre os dias 10 e 12 de dezembro, o candidato mandará, então, documentos comprobatórios destes títulos à Fundação La Salle, em Porto Alegre, para que sejam computados. O máximo de pontos “extras” desta etapa é 10.

Concurso pode valer por até 2 anos

No edital, o Concurso Público é tido com a validade de um ano, mas já é prevista a possibilidade de prorrogação por igual período, de acordo com a necessidade da Prefeitura. A aprovação do candidato não assegura a admissão. Pela ordem de classificação, vão sendo feitas as nomeações, publicadas por edital. A partir da publicação, o nomeado tem dez dias para tomar posse, período que pode ser prorrogado a até vinte dias. Seguem-se mais cinco para que ele entre em exercício.

Havendo empate de pontuação entre os participantes, alguns critérios são seguidos para decidir quem fica em primeiro. São eles, nesta ordem: o candidato que tiver idade igual ou superior a 60 anos, como previsto no Estatuto do Idoso; o que ter tido a maior nota na disciplina Conhecimentos Específicos; o que ter tido a maior nota em Língua Portuguesa; o que ter tido a maior nota em Legislação; o que ter tido a maior nota em Raciocínio Lógico; e, persistindo o empate, aquele que tiver o menor número de inscrição.

Saiba o que estudar

  • Nos cargos de nível escolar Fundamental:
    LÍNGUA PORTUGUESA – Interpretação de texto. Análise global do texto. Classificação dos fonemas – encontros vocálicos e consonantais; dígrafos; sílabas. Acentuação gráfica. Processos de formação de palavras. Classes gramaticais. Termos da oração. Pontuação. Regência verbal e nominal. Concordância verbal e nominal. Vocabulário. Ortografia.
    RACIOCÍNIO LÓGICO – Conceitos básicos de raciocínio lógico: sentenças abertas; proposições simples e compostas; conectivos (conjunção, disjunção, disjunção exclusiva, condicional e bicondicional); negações; número de linhas de uma tabela-verdade; valores lógicos das proposições e construção de tabelas-verdade; Operações entre números reais (adição, subtração, multiplicação, divisão e potenciação). Regra de três simples (direta e inversa). Razão e proporção. Porcentagem. Sistema monetário brasileiro. Sistema de medidas: comprimento, capacidade, superfície, massa e tempo (unidades e transformações de unidades). Equação do primeiro grau. Matemática Financeira: Juros simples e taxas proporcionais. Estatística: Interpretação de dados (gráficos e tabelas); cálculo da média. Aplicação dos conteúdos acima listados em resolução de problemas.
    LEGISLAÇÃO – Dos Princípios Fundamentais. Dos Direitos e Garantias Fundamentais: Dos Direitos e Deveres Individuais e Coletivos; Dos Direitos Sociais; Da Nacionalidade; Dos Direitos Políticos; Dos Partidos Políticos; Dos Municípios; Da Administração Pública. Da Tributação e do Orçamento. Lei Orgânica do Município de Montenegro. Regime Jurídico dos Servidores Públicos de Montenegro.
  • Nos cargos de nível escolar Médio e Técnico:
    LÍNGUA PORTUGUESA – Análise global do texto. Ortografia. Relações entre fonemas e grafias. Acentuação gráfica. Morfologia: estrutura e formação de palavras. Classes de palavras e seu emprego. Flexões: gênero, número e grau do substantivo e adjetivo. Sintaxe: processos de coordenação e subordinação. Equivalência e transformação de estruturas. Discurso direto e indireto. Concordância nominal e verbal. Regência verbal e nominal. Crase. Pontuação. Interpretação de textos: variedade de textos e adequação de linguagem. Estruturação do texto e dos parágrafos. Informações literais e inferências. Estruturação do texto: recursos de coesão. Significação contextual de palavras e expressões.
    RACIOCÍNIO LÓGICO – Sentenças abertas; proposições simples e compostas; conectivos (conjunção, disjunção, disjunção exclusiva, condicional e bicondicional); negações; número de linhas de uma tabela-verdade; valores lógicos das proposições e construção de tabelas-verdade; Equivalências lógicas; tautologia; contradição; contingência; Operações lógicas sobre sentenças abertas; Silogismo. Quantificadores lógicos e suas negações; Lógica de argumentação; Operações entre números reais (adição, subtração, multiplicação, divisão e potenciação). Teoria dos conjuntos: operações entre conjuntos e Diagrama de Venn. Regra de três simples (direta e inversa) e composta. Razão e proporção. Porcentagem. Sistema monetário brasileiro. Sistema de medidas: comprimento, capacidade, superfície, massa e tempo (unidades e transformações de unidades). Equações e sistema de equações do primeiro grau. Matemática Financeira: Juros simples e compostos; Taxas proporcionais e equivalentes. Estatística: Interpretação de dados (gráficos e tabelas); cálculo de medidas de tendência central: média, mediana e moda. Progressão Aritmética. Progressão Geométrica. Análise Combinatória e Probabilidade. Aplicação dos conteúdos acima listados em resolução de problemas.
    LEGISLAÇÃO – Mesmos conteúdos para todos.
  • Nos cargos de nível escolar Superior:
    LÍNGUA PORTUGUESA – Análise global do texto. Ortografia. Relações entre fonemas e grafias. Acentuação gráfica. Morfologia: estrutura e formação de palavras. Classes de palavras e seu emprego. Flexões: gênero, número e grau do substantivo e adjetivo. Sintaxe: processos de coordenação e subordinação. Equivalência e transformação de estruturas. Discurso direto e indireto. Concordância nominal e verbal. Regência verbal e nominal. Crase. Pontuação. Interpretação de textos: variedade de textos e adequação de linguagem. Estruturação do texto e dos parágrafos. Informações literais e inferências. Estruturação do texto: recursos de coesão. Significação contextual de palavras e expressões.
  • RACIOCÍNIO LÓGICO – Sentenças abertas; proposições simples e compostas; conectivos (conjunção, disjunção, disjunção exclusiva, condicional e bicondicional); negações; número de linhas de uma tabela-verdade; valores lógicos das proposições e construção de tabelas-verdade; Equivalências lógicas; tautologia; contradição; contingência; Operações lógicas sobre sentenças abertas; Silogismo. Quantificadores lógicos e suas negações; Lógica de argumentação; Operações entre números reais (adição, subtração, multiplicação, divisão e potenciação). Teoria dos conjuntos: operações entre conjuntos e Diagrama de Venn. Regra de três simples (direta e inversa) e composta. Razão e proporção. Porcentagem. Sistema monetário brasileiro. Sistema de medidas: comprimento, capacidade, superfície, massa e tempo (unidades e transformações de unidades). Equações e sistema de equações do primeiro grau. Matemática Financeira: Juros simples e compostos; Taxas proporcionais e equivalentes. Estatística: Interpretação de dados (gráficos e tabelas); cálculo de medidas de tendência central: média, mediana e moda. Progressão Aritmética. Progressão Geométrica. Análise Combinatória e Probabilidade. Aplicação dos conteúdos acima listados em resolução de problemas.
  • LEGISLAÇÃO – Mesmos conteúdos para todos.

 

Deixe seu comentário