Idoso morava sozinho em sítio na Piedade. Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil (PC) ainda não pode confirmar a motivação para o crime, mas a suspeita é que o idoso de 82 anos assassinado em Triunfo foi vítima de assalto. O crime aconteceu em algum momento desta tarde de sábado, dia 26, na chácara onde a vítima morava sozinha, na localidade interiorana de Piedade. Foi um filho que encontrou-o morto. As primeiras evidências apontam para, ao menos, seis perfurações por arma de fogo, uma sendo no pescoço.

Mas o delegado Paulo Ricardo Costa revelou ainda sinais de agressão física pelo corpo do homem. Ele classificou a motivação como nebulosa, mas não descarta o roubo para obter dinheiro para a compra de drogas. Ainda será preciso um levantamento no local para averiguar se algo foi roubado. O nome não foi revelado para preservar os familiares ainda não avisados na noite de sábado. O idoso é sétima vítima de homicídio violento em Triunfo em 17 dias de janeiro.

Deixe seu comentário