Num dos casos, ex-companheiro incendiou veículo da vítima. FOTO: Divulgação/BM

O final de semana ficou marcado em Montenegro por diversos registros de agressões contra mulher. Em apenas um deles, o agressor foi identificado e preso. A prisão aconteceu por volta da 1h de domingo, após o acusado, que tem 39 anos, ter descumprido medida protetiva e ido até a casa de uma ex-companheira no bairro Rui Barbosa. O homem tentou invadir a casa da vítima, mas não conseguiu. Assim, ele colocou fogo no carro da ex-companheira e depois fugiu, sendo posteriormente encontrado pela Brigada Militar numa danceteria. O fogo foi controlado pelo Corpo de Bombeiros.

Na noite de sábado, por volta das 20h15min, a Brigada Militar foi acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica no bairro Cinco de Maio. Ao chegar ao local, os policiais encontraram um homem de 29 anos, que havia ameaçado sua ex-companheira com uma faca. O acusado, que cumpria pena no regime semiaberto, estava no pátio da residência e disse para a guarnição não se aproximar. Então, ele enfiou a faca no próprio peito. Os policiais o renderam e acionaram o Samu. O homem foi levado ainda com vida ao Hospital Montenegro (HM).

O terceiro caso foi registrado por volta das 18h de sábado, também no bairro Cinco de Maio. De acordo com registro feito na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, um homem de 41 anos tentou matar sua ex-companheira. De acordo com relato da vítima, o acusado apontou uma arma contra ela. Antes de ele efetuar o disparo, ela conseguiu empurrá-lo e o tiro acabou atingindo uma parede. Após o disparo, o homem acertou a vítima com uma arma de choque e fugiu do local. Para a polícia, a mulher relatou que já vinha sendo ameaçada.

Deixe seu comentário