Mais uma vez o crime de abigeato é registrado em fazendas na região. No último sábado,4, três terneiros  de raça foram abatidos por criminosos que invadiram a fazenda, localizada às margens do Rio Caí.

Os animais foram mortos de forma violenta, com tiros. Parte do corpo, onde encontram-se peças nobres de carne, foi serrada e levada pelo abigeatários. O restante foi deixado para trás no campo.

Para o advogado e pecuarista Carlos Barreto, situações como essa mostram a fragilidade na segurança do homem do campo. No ano passado Montenegro ganhou um Cartório Especializado em Crimes de Abigeato, mas para o criador de gado ainda não é o suficiente. “Precisamos de mais segurança no interior. Temos que ter uma delegacia especializada para atender esse tipo de crime”, comenta Barreto.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Montenegro.

 

 

 

 

Deixe seu comentário