Condutor do Scania, de Arroio dos Ratos, morreu no local. Foto: PRF Montenegro

Bitrem atravessado na pista Capital/ Interior será retirado por volta das 9 horas

A pista da direita – sentido Capital/ interior – da BR-386 segue em meia-pista em Nova Santa Rita, na manhã desta sexta-feira, dia 12. E a partir das 8 horas, o fluxo será totalmente interrompido para que a equipe do seguro faça a remoção da carga espalhada na pista. E somente depois guinchos poderão destombar o caminhão. O trânsito no sentido interior/ Capital flui normalmente, mas, por volta das 10 horas, também pode ser fechada para a retirada da carreta.

São 34 toneladas de adubo em 680 sacos de 50kg que serão baldeados para outro veículo. Mas a sugestão da Polícia Rodoviária Federal (PRF) é que os motoristas evitem trafegar na rodovia nesta manhã. A alternativa para acessar o Centro do Estado e o Vale do Caí é seguir pelo Vale do Sinos, através da BR-116 e depois pelas RS’s 122 e 240. O acidente ocorreu por volta das 19h desta quinta-feira, 11, no quilômetro 431,9, próximo à rótula de acesso à Nova Santa Rita (onde havia a lombada eletrônica e perto do Velopark), envolvendo duas carretas.

Trânsito que era alternado será totalmente parado nas duas direções, a partir das 8 horas. Foto: PRF

Segundo avaliação da PRF, o condutor de uma Scania/T112, com placas de Charqueadas, que se deslocava em direção a Canoas, teria tentado fazer uma conversão e acabou cortando a frente do bitrem de Soledade, que trafegava no sentido oposto. O condutor do bitrem ainda freou, mas não conseguiu evitar a colisão, e então tombou.

O condutor do Scania teve graves ferimentos e morreu no local. Ele tinha 40 anos e era natural de Arroio dos Ratos, mesmo município onde residia. O motorista do bitrem, de 49 anos e morador de Soledade, ficou ileso. Um passageiro do bitrem, ainda não identificado, teve ferimentos e foi encaminhado ao hospital.

Fluxo é lento para quem se desloca aos vales do Caí, Taquari, Rio Pardo e região central. Mas as 10h tudo pode parar nos dois sentidos. Foto: PRF

Deixe seu comentário