Torneio faz parte da Copa Sesc/Sindilojas Montenegro

Após anos sem torneio na cidade, competição reuniu nove equipes com jovens e adultos

O domingo, 7, foi de muito basquete em Montenegro. Após anos sem nenhum torneio oficial no município, finalmente os amantes do esporte puderam se reunir para prestigiar o Torneio de Basquete 3×3, no ginásio do Sesc. Com a participação de sete equipes na Força Livre e duas no Sub-15, o torneio integrou jovens e adultos em partidas com muita emoção e agilidade.

Desde o mais jovem até o mais experiente o sentimento no ginásio era o mesmo: felicidade e adrenalina. Para o montenegrino Alexandre Schäffer, de 54 anos, o torneio é uma ótima oportunidade de movimentar o esporte na cidade novamente. “Houve uma época, faz uns 30 anos atrás, que o basquete era muito forte no Parque Centenário, nós jogávamos muito lá […] e ai foi definhando, o pessoal mais velho parou, e agora está retornando com uma gurizada mais nova”, fala.

Alexandre Schäffer (camisa preta com vermelha) era o jogador mais experiente do torneio

Praticante há 40 anos, Alexandre já passou por diversos clubes, e participou de dezenas de campeonatos e torneios pelo Estado. “Semana passada mesmo eu disputei um torneio em Porto Alegre de +45 e ai agora me convidaram pra jogar e eu disse ‘nossa, pessoal mais novo, gurizada’, daí eu decidi dar uma força pra incentivar. É muito bonito, muito bacana ver isso aqui assim lotado no domingo, muito legal mesmo”, completa.

Mateus Abreu, de 29 anos, começou a praticar o basquete com a mesma idade de Alexandre: 14 anos.  “Comecei por influência dos meus colegas, o pessoal começou a jogar e eu comecei a jogar também. A gente começou a assistir vários vídeos da NBA e acabamos pegando a pilha de começar a jogar”, diz. Pro jovem, a competição 3×3 é muito interessante. “É uma dinâmica diferente, não é tão truncado […] e é bom que assim facilita o jogo da galera que ta aprendendo e todo mundo consegue brincar”, completa.

Junto com os amigos de equipe, Mateus Fernandes Pinheiro, declara que a função da juventude está em movimentar o basquete na cidade. “(O basquete significa) Saúde em primeiro lugar e qualidade de vida, porque é um esporte, a gente está ali movimentando o corpo”, recomenda.

Competição 3×3 trabalha com a agilidade dos jogadores

De acordo com o técnico de Esporte e Lazer do Sesc Montenegro, Mateus Araújo, o evento é o primeiro de grande porte após o início da pandemia, e é considerado especial pela organização. “Acho que desde 2014 não saia nenhum torneio de basquete em Montenegro. […] É legal que mescla a galera que tem mais idade junto com uma gurizadinha de 15”, comenta. O torneio faz parte da Copa Sesc/Sindilojas Montenegro, competição que inclui vários eventos esportivos e que terá ainda torneio de xadrez online (18/11), vôlei misto (28/11) e embaixadinhas (24/11 e 01/12).

Confira os vencedores:

Sub 15:

1° – Iniciação Esportiva Sesc B

2° – Iniciação Esportiva Sesc A

Cestinha: Eryck Vargas

MVP (destaque): Bernardo Tamujo Moraes

Força Livre:

1° – Dream Team

2° – Movidos Paivadri

3° – Sedentários da NBA

4° – Montenegro Predators

MVP (destaque): Vinícius Carvalho (Meia Boca Juniors)

Cestinha: Afonso Brochier (Montenegro Predators)

Também foram arrecadados alimentos não perecíveis no evento

Deixe seu comentário