Tok de Bola conquista pela primeira vez o título da categoria Força Livre em Maratá

A noite desta sexta-feira, 28, foi marcada por decisões nas areias de Maratá. Não faltou emoção e tensão nas três finais da Copa Bohemia de Futebol de Areia. Todos os confrontos terminaram empatados no tempo normal e foram decididos nos pênaltis. No fim, melhor para Tok de Bola, Deportivo e Internacional, que levaram a melhor sobre seus adversários nas penalidades e conquistaram o título do torneio.

O primeiro embate da noite foi o mais movimentado em termos de bolas na rede. O Porto, de São Sebastião do Caí, chegou a abrir 3 a 1 sobre o Internacional, de Paverama, que buscou o empate no início do segundo tempo. Após a igualdade em 3 a 3 no tempo normal, as equipes decidiram o título na “marca da cal”. Na 16ª cobrança, o goleiro reserva do Porto, Ailon, mandou para fora e confirmou o título do Internacional na categoria Sub-20.

Deportivo foi o grande campeão da categoria Misto Municipal neste ano

Na segunda final, Deportivo e Esperança mediram forças pela categoria Misto Municipal. O Esperança saiu na frente logo no começo do jogo com gol de Enrique. Aos seis minutos do segundo tempo, Alécio empatou para o Deportivo. Com o empate em 1 a 1, as duas equipes de Maratá foram para os pênaltis. Nas cobranças alternadas, brilhou a estrela do goleiro Mateus Joner, que defendeu a cobrança de Tione e garantiu a taça para o Deportivo.

No confronto válido pela categoria Força Livre, duas equipes de Montenegro duelaram: Chelsea e Tok de Bola. Em boa jogada coletiva, o Tok de Bola abriu o placar aos sete minutos, com Everton Ferreira, o Tabajara. O empate do Chelsea saiu aos quatro minutos da etapa final com Ericles Ferreira, o Poio. Nas penalidades, o goleiro Samir foi decisivo. Defendeu uma cobrança e chamou a responsabilidade para bater o último pênalti e dar o título inédito ao Tok de Bola.

Deixe seu comentário