Foto: Douglas Mafra/DetranRS

O governo estadual assinou uma portaria que deve baratear a emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O valor, que era tabelado em todo o estado, agora poderá variar de CFC para CFC (os Centros de Formação de Condutores). Com essa liberdade para promoções e descontos, o Detran-RS avalia que a concorrência vai acarretar na baixar o preço. Segundo o diretor da entidade, Ênio Bacci, o preço da emissão deve baixar em 25% com a medida.

Além da recente portaria, outra decisão – essa, em nível federal – deve diminuir ainda mais os custos da CNH. É que o Conselho Nacional de Trânsito decidiu no último dia 13 que o uso dos simuladores na formação dos motoristas não será mais obrigatório. O futuro motorista que optará por fazer ou não o treinamento. A mudança começa a valer em 90 dias e, com ela, a carga de horas-aula para a emissão da carteira diminui de 25 para 20. Atualmente, o custo para tirar a carteira passa dos R$ 2 mil, o que vem inibindo muita gente de iniciar o processo.

Deixe seu comentário