Praça Guia Lopes foi isolada, mas agente morreu no Hospital. Foto: Divulgação/ Whatsapp

Mais um policial militar gaúcho morreu em confronto com marginais em Porto Alegre. O soldado Gustavo de Azevedo Barbosa Junior, de 26 anos, foi atingido na cabeça por disparo de arma de fogo. Foi socorrido pelo próprio colega e encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro (HPS), mas não resistiu aos ferimentos.

O crime ocorreu nas imediações da Praça Guia Lopes, em abordagem a um automóvel que havia sido carro roubado terça-feira na zona Sul da Capital. O agente atuava no 1º Batalhão de Polícia Militar e tinha pouco tempo de serviço. Em 26 de junho passado a corporação já havia perdido outros dois membros durante troca de tiros com bandidos em Porto Alegre.

Deixe seu comentário