Na manhã desta quinta-feira, 2, a Prefeitura de Harmonia recebeu uma ligação de alguém se identificando como sendo da Justiça Federal para uma suposta vistoria de linhas de transporte escolar na região.

A pessoa teria solicitado contatos de motoristas de táxi ou aplicativo que pudessem transportar os agentes fiscais (que precisariam de carros descaracterizados), o que foi repassado, por ser uma informação pública. Porém, ao contatar com o taxista, alguém se passando por juiz federal solicitou ao motorista a compra de itens como água gelada e lanche para a ‘equipe de vistoria’. Logo depois de repassar a lista, pediu ao profissional o número de sua conta bancária e a respectiva senha, alegando que seria necessário (com a senha) para o reembolso da compra.

O sujeito usou o nome da Prefeitura, como se ela tivesse indicado o motorista para o serviço, e ainda pediu para que os itens fossem entregues no Fórum de Harmonia. Além de não haver tido indicação da Administração Municipal (que apenas repassou a informação pública), o Município não tem Fórum, já que pertence à Comarca de São Sebastião do Caí.

A tentativa de golpe foi frustrada. O caso está sendo registrado na Delegacia de Polícia de São Sebastião do Caí.

 

Informações: Primeira Hora

 

Deixe seu comentário