LEGENDA: Termo permite que entidade use área de quase 8.500 m² localizada no Distrito Industrial

Foi assinado na manhã de quinta-feira, dia 3, o Termo de Autorização de Uso de uma área de quase 8.500 m² da Prefeitura ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Maratá. O terreno está localizado no Distrito Industrial do município e será destinado para a construção de um pavilhão onde serão estocadas frutas. A instalação de um secador de cereais também é permitida pelo termo assinado e planejada pela entidade beneficiada.

De acordo com o presidente do STR, José Gilson Kerber, a terraplanagem no local, que será providenciada pelo Executivo, deve iniciar em breve. “Também já estamos indo atrás de material (para a construção do pavilhão)”, garantiu. A expectativa é de que o pavilhão seja construído em até três meses. “É um espaço importante para o produtor e bom para o Município, já que a emissão de notas ajudará a aumentar a arrecadação”, destacou.

Ano passado, o STR fechou uma parceria com a empresa Tecnovin, de Bento Gonçalves. Produtora de sucos, a indústria da Serra Gaúcha compra as frutas marataenses para servirem de base para seus produtos. A possibilidade de usar a área do Executivo permite que o STR reúna num espaço adaptado os frutos que serão adquiridos pela companhia de Bento Gonçalves.

O prefeito Fernando Schrammel destacou a importância de incentivar cada vez mais a agricultura em Maratá. “Parcerias e concessões. Esse é o caminho para algumas áreas da Administração Pública”, reforçou. O uso do terreno por parte da entidade rural foi aprovado pela Câmara de Vereadores. (ARH)

Deixe seu comentário