Instituição montenegrina é maior escola técnica de toda a Rede Sinodal de Educação, com suas 51 unidades

Dentre as novidades, também está uma especialização em Enfermagem do Trabalho

O Colégio Sinodal Progresso começa 2020 com três novidades na área de qualificação profissional. Está com inscrições abertas para as primeiras turmas dos técnicos em Química, com ênfase na Indústria, e em Administração. Também, para um curso de especialização em Enfermagem do Trabalho. Somados aos já existentes, de Informática, Alimentos, Mecânica e Enfermagem, os novos colocam a instituição no posto da maior escola técnica de toda a Rede Sinodal de Educação, com suas 51 unidades.

Lório José Schrammel, diretor do Sinodal Progresso

Da criação da primeira turma técnica, em 2009, até hoje, o Colégio já formou mais de mil técnicos em Montenegro. Segundo o diretor, Lório José Schrammel, é através de parcerias com 140 empresas e doze prefeituras do Vale do Caí que o Sinodal vai percebendo a demanda por qualificação na região para, então, definir sua oferta de cursos. Nesse sentido, ele destaca, a Associação Comercial, Industrial e de Serviços (ACI) de Montenegro e Pareci Novo tem sido uma importante aliada.

A necessidade pela Administração e a Química Industrial é impulsionada, por exemplo, pelo projeto do Polo da Química de Montenegro. No ano passado, sete empresas do segmento assinaram protocolo de intenções em migrar para o complexo montenegrino até 2021. De acordo com o Sindicato das Indústrias Químicas do RS, entidade envolvida nas tratativas, uma das maiores demandas por mão de obra será, justamente, a de técnicos em Química.

Interessados nas turmas de 2020 podem procurar a secretaria do Sinodal nos turnos da manhã e da tarde e, a partir do dia 3 de fevereiro, também no noturno. As aulas começam no dia 17, mas até o fim do mês a direção ainda receberá inscrições. Como é padrão, os técnicos são ofertados no período da noite. Consistem em dois anos de aulas e meio ano de estágio. “O estágio é fundamental, pois ele insere a pessoa no mundo do trabalho”, aponta o diretor. “A grande maioria que faz o estágio já fica efetivada na própria empresa.”

Com estrutura bem preparada e professores capacitados – muitos vindos de dentro de empresas das áreas – o Sinodal tem a expectativa de atender 500 alunos na área técnica em 2020. Com a nova especialização, a instituição pretende incentivar a continuidade dos estudos daqueles técnicos em Enfermagem já formados no próprio Colégio. Outras, nesse sentido, devem ser desenvolvidas para os próximos anos.

“O curso técnico é o caminho mais rápido para chegar no mercado de trabalho”, salienta Schrammel. “É uma grande oportunidade que as pessoas têm. A economia vai aquecer e as empresas vão precisar de mão de obra qualificada. Quem fizer, vai sair na frente”, pontua.

Deixe seu comentário