A Tok de Bola é a campeã da Copa Quero-Quero de Verão, promovidas pelo Clube Grêmio Gaúcho

Equipes Tok de Bola e Real Promorar/ Cantinho do Chocolate levaram a melhor

A noite de quinta-feira, 22, foi marcada por uma “chuva” de gols nas finais da Recopa e da Copa Quero-Quero de Verão, promovidas pelo Clube Grêmio Gaúcho. Pela Recopa o time Real Promorar/ Cantinho do Chocolate goleou por 13 a 2 a equipe Feyenord. Já na disputa principal, quem levou a melhor foi a turma do Tok de Bola, vitória de 6 a 5 sobre a turma do É Nós Nas Quartas. O campeonato terminou tendo como destaque o jogador Everton Ferreira, camisa 10 do Tok de Bola. Com 13 gols marcados, o troféu de goleador foi para Wesley de Almeida Ramos do Real Promorar. A defesa menos vazada ficou com o Trans Brothers.

A primeira partida da noite foi pela Recopa. Promorar saiu na frente jogando com entusiasmo, mas o adversário segurou na defesa. Aos três minutos do primeiro tempo, a rede balançou pela primeira vez com gol de André de Souza para o Promorar. A partir daí foi dada largada para um desfile de chutes que balançaram ambas as redes, porém quem saiu na frente foi Promorar que encerrou o primeiro tempo com o placar de 5 a 1.

No segundo tempo nada de desânimo. Feyenord tentou correr em busca do prejuízo, mas a sorte estava com a concorrência. Aos seis minutos o camisa nove da Real Promorar marcou o sexto gol. E não parou por aí. André, autor do primeiro gol, marcou outros dois. Ele e Wesley de Almeida foram responsáveis por seis dos 13 gols feitos na partida. No final do

A Real Promorar/Cantinho do Chocolate conquistou a Recopa

jogo, Rodrigo Pfsngtag, camisa 33 do Feyenord, fez um dos pontos mais bonitos da partida, mas não foi o suficiente e a equipe acabou perdendo de goleada.

A disputa mais aguardada da noite teve gol logo no primeiro segundo de jogo. Everton Ferreira, camisa 10, do Tok de Bola não deu chance do goleiro ver a redonda e abriu o placar. Dois minutos depois, Sulian da Motta mostrou que o adversário não estava para brincadeira e marcou empatando o jogo. A disputa foi de velocidade, garra, sede de gols e emoção.

Ambas as equipes jogaram com determinação e a vencedora só foi conhecida faltando cerca de um minuto para o final da partida. Empatadas em 5 a 5, Everton marcou, dando o título para a Tok de Bola. “Tivemos um desempenho muito bom. É muito difícil marcar três gols em uma partida”, avalia o jogador destaque da disputa.

Everton Ferreira, camisa 10 do Tok de Bola, foi destaque da partida e do campeonato

O treinador da equipe campeã, Alexandre Kerber, destacou o equilíbrio mantido na partida. “O jogo foi parelho e no final a gente teve a sorte de no final fazer o gol que nos deu o título”, enfatizou. Para o treinador da vice-campeão foi um grande jogo, definido por detalhes. “Ganhou quem teve a chance de matar o jogo e eles tiveram a última bola. É assim. Eu queria ganhar, mas acontece”, concluiu.

Deixe seu comentário